Operação conjunta erradica cultivo de 15,4 mil pés de maconha em Cabrobó

Última operação erradicou mais de 800 pés no município

JC
JC
Publicado em 18/05/2020 às 10:56
Notícia
Foto: Reprodução
Habeas Corpus preventivo foi impetrado pela Defensoria Pública da União - FOTO: Foto: Reprodução
Leitura:

Em uma operação conjunta das polícias Federal, Civil e Militar (BEPI-2ª CIPM-GATI), foram destruídos cerca de 15,4 mil pés de maconha e cerca de 150 kg da droga pronta para o consumo na zona rural de Cabrobó, Sertão de Pernambuco. A ação contou com a participação direta de 15 policiais entre federais, civis e militares com o apoio do corpo de bombeiros.

» Pesquisadores analisam se maconha pode ser eficaz contra o coronavírus

A Polícia Federal através de sua Delegacia em Salgueiro em conjunto com a Polícia Militar de Pernambuco e Polícia Civil de Pernambuco vem promovendo ações de identificação e consequente erradicação de plantios de maconha no Sertão pernambucano.

» Mulher é presa no Aeroporto dos Guararapes com 15 quilos de maconha

Tais medidas fazem parte das estratégias adotadas pela Coordenação-Geral de Prevenção e Repressão a Entorpecentes-CGPRE, Órgão Central da Polícia Federal em Brasília. O objetivo é reduzir a produção e oferta de maconha no Sertão pernambucano. A Operação realizada trata-se de mais um desdobramento da Operação Muçambê II.

» Operação da Polícia Civil de Pernambuco mira suspeitos de tráfico de drogas e posse ilegal de armas em Arcoverde

Só nessa sexta-feira (15) foram erradicados cerca de 15.400 (quinze mil e quatrocentos) pés de maconha encontrados em duas roças e uma sementeira (ambiente destinado a acondicionar mudas de maconha) na zona rural de Cabrobó (localidade de sítio Cachoerinha). Em uma das roças foi encontrado e incinerado cerca de 150 kg de maconha pronta para a comercialização.

» Polícia Civil investiga denúncias de assédio contra dono da ONG PetPE

O ciclo produtivo da cannabis é acompanhado de perto por policiais federais e quando vai se aproximando o período da colheita novas ações são realizadas coibindo assim a secagem e a consequente introdução no mercado consumidor (pontos de vendas de drogas). 

Toda a maconha pronta encontrada nos plantios foi incinerada no local. As constantes operações policiais de erradicação de maconha no Sertão de Pernambuco, têm impedido o traficante daquela região de produzir a droga em seu pleno desenvolvimento, o que tem levado à importação da droga do Paraguai. Isto também está demonstrado pelo aumento das apreensões feitas pela Polícia Federal de maconha vinda daquele país vizinho.

» Mais de 800 pés de maconha são erradicados em Cabrobó, Pernambuco

Assim com essas operações consecutivas a Polícia Federal contribui significativamente para o desabastecimento dos pontos de venda de droga no Estado como também em outros estados da região nordeste, evitando assim a escalada da violência tais como: assaltos, furtos, roubos, homicídios, assassinatos, acertos de contas, guerra entre facções de traficantes para controle da área para venda de drogas.

» Anvisa aprova primeiro produto à base de maconha no País

Geralmente essas ocorrências são resultado e fruto do tráfico de entorpecentes. Cada ponto de venda de droga desabastecido, significa um foco a menos de violência.

Comentários

Últimas notícias