POLÍCIA

Três suspeitos são presos por tráfico de drogas no Agreste de Pernambuco

Prisão aconteceu durante a operação Fecha Diretoria, da Diretoria Integrada do Interior I (Dinter)

JC
JC
Publicado em 27/06/2020 às 10:23
Notícia
DIVULGAÇÃO/POLÍCIA MILITAR
Foram apreendidos diversos tipos de drogas, celulares e valor em dinheiro - FOTO: DIVULGAÇÃO/POLÍCIA MILITAR
Leitura:

Três suspeitos, entre eles duas mulheres, foram presos por tráfico de drogas na tarde dessa sexta-feira (26) em Santa Cruz do Capibaribe, Agreste de Pernambuco, durante a operação Fecha Diretoria, da Diretoria Integrada do Interior I (Dinter). Policiais militares do 24º Batalhão realizavam rondas no município quando receberam informações de que um casal estaria praticando tráfico de drogas no bairro Cruz Alta.

Segundo a PM, o efetivo seguiu para o local e conseguiu identificar um dos suspeitos. Com ele, foram apreendidos celulares, entorpecentes e uma quantia em dinheiro. Ao ser questionado sobre a origem do entorpecente, o envolvido revelou que havia mais droga em sua residência, com sua parceira. Por isso a equipe seguiu para o local e conseguiu identificar a mulher. Com ela também foram apreendidos crack, cocaína, maconha, um celular e mais uma quantia em dinheiro.

A mulher, por sua vez, informou que havia mais duas residências que serviam como ponto de tráfico. O efetivo então seguiu para o local e conseguiu prender uma terceira pessoa supostamente envolvida no esquema.

Ao todo foram apreendidos dois tabletes de cocaína, pesando 2,050kg; seis petecas de cocaína (45g) e um saco de 21g da mesma droga; duas pedras de crack de 211g e um tablete da mesma droga pesando 1,018kg; dois pacotes de maconha, pesando 897g e um trouxinha (45g) do mesmo entorpecente; além de três celulares e R$ 6.687,00.

A ocorrência foi encaminhada para a Delegacia de Polícia Civil de Santa Cruz do Capibaribe para serem tomadas as medidas legais cabíveis.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte.

Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias