leilão

Obra de Francisco Brennand será leiloada para arrecadar cestas básicas

Os alimentos serão doados aos moradores da Ilha do Maruim, em Olinda

Bruna Oliveira
Bruna Oliveira
Publicado em 03/07/2020 às 17:18
Notícia
DIVULGAÇÃO/IFPE
Leilão terá início neste sábado (4) - FOTO: DIVULGAÇÃO/IFPE
Leitura:

Um ovo em cerâmica vitrificada de Francisco Brennand será leiloado com o objetivo de arrecadar cestas básicas, que serão doadas para famílias de pescadores da Ilha do Maruim, em Olinda, no Grande Recife. O leilão será realizado, das 9h deste sábado (4) até as 23h59 da terça-feira (7), por meio da campanha Arte por Solidariedade, no perfil do Instagram da iniciativa, e os lances poderão ser dados nos comentários. O inicial é no valor de R$190,00

A obra doada pela Oficina Cerâmica Francisco Brennand faz parte de uma série de trabalhos criados pelo artista, que faleceu no dia 19 de dezembro de 2019, aos 92 anos. Além dela, obras de outros artistas também já foram doadas para a Arte por Solidariedade, que é uma campanha criada pelos estudantes e servidores do Instituto Federal de Ciência e Tecnologia de Olinda.

Iniciada em abril, quando começaram as medidas de isolamento social, a campanha já recebeu cerca de 150 obras, que renderam duas toneladas de alimentos já entregues à comunidade. A campanha ocorre nas mídias sociais, pelo Instagram, no qual há uma galeria com todas as obras doadas. O interessado escolhe a peça desejada, realiza o pagamento ou doação da cesta e recebe um voucher, que garante a entrega da obra, ao final do isolamento social. Há pontos de recebimento de cestas nos bairros de Boa Viagem e Casa Forte, localizados na Zona Sul e Norte do Recife, respectivamente e em Olinda.

Entre as obras leiloadas há gravuras, telas, ecobags, peças de cerâmicas e até tatuagens. Os preços variam de R$ 30 a R$ 1.300, abaixo do praticado pelo mercado das artes. Até o momento, nomes como Renato Vale, Manoel Veiga, Mestre Nado, Ganja, Raoni Assis e Jota zer0ff já contribuíram com a ação.

Doações quinzenais

A campanha Arte por Solidariedade tem a meta de realizar doações quinzenais de cestas básicas para a comunidade, onde há 184 famílias, cerca de 3 mil pessoas, de acordo com a Associação de Pescadores da Ilha do Maruim em situação de vulnerabilidade social durante a pandemia do novo coronavírus. Para o pós-pandemia, professores do IFPE Olinda planejam capacitações para serem ministradas na comunidade.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte.

Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias