covid-19

Com previsão de 250 exames por dia, posto de testagem para coronavírus chega ao Ceasa, no Recife

Unidade é a primeira voltada para atender todos os grupos definidos pelo Estado como prioritários

JC
JC
Publicado em 06/07/2020 às 10:35
Notícia
Jailton Júnior
Novo posto de testagem para covid-19 no Ceasa-PE - FOTO: Jailton Júnior
Leitura:

O Centro de Abastecimento e Logística de Pernambuco (Ceasa) e a Secretaria de Saúde de Pernambuco (SES-PE) deram início nesta segunda-feira (6) às testagens de coronavírus no novo posto avançado do estabelecimento. Com uma grande estrutura e um funcionamento de segunda à sexta, das 7h às 15h, a unidade é a primeira voltada para atender todos os grupos definidos pelo Estado como prioritários para o teste. Ainda, as testagens estão disponíveis para atender todos os profissionais que atuam no local. O objetivo é realizar cerca de duzentos e cinquenta testes por dia.

Estão incluídos nos grupos prioritários, além dos profissionais sintomáticos de saúde, segurança e sistema prisional, os idosos e os trabalhadores sintomáticos, que moram e atuam em instituições de longa permanência para a população a partir dos 60 anos; os usuários e profissionais de residências terapêuticas, unidades de acolhimento e Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) 24h; as gestantes no pré-natal; e os trabalhadores de serviços essenciais, como supermercados, padarias, farmácias, postos de gasolina, imprensa, bancos, clínicas e hospitais veterinários, serviços de assistência social e atendimento à população em estado de vulnerabilidade.

O comerciante Thiago Jorge foi um das primeiras pessoas a fazer o exame. “Eu fiz o teste porque meu irmão apresentou algum dos sintomas em casa e eu quis tirar a dúvida se eu também tive ou não”. Mas o alívio foi grande: o teste deu negativo. Além do irmão dele, a dona de casa Jucineide Ferreira também apresentou os sintomas, entretanto foi há cerca de um mês. Ela teve febre alta e perda do olfato, mas na época não fez o teste para saber se tinha ou não e, hoje, aproveitou para tirar a dúvida. “Parecia uma gripe, só que era mais forte”, explica.

A Ceasa apresenta um fluxo diário de mais de 60 mil pessoas, entre eles, clientes, comerciantes e caminhoneiros. A parceria da SES com o Ceasa se dá pelo grande público para testagem, além da disponibilidade de área específica para a realização dos testes.  “É uma forma de prestar serviço à população, que muitas vezes não tem recurso nem tempo para procurar um serviço privado. E, para o governo, gera um controle maior de onde estão vindo os infectados”, comenta o presidente do Ceasa, Gustavo Melo. As medidas de segurança para entrar no Centro de Abastecimento continuam as mesmas: aferição da temperatura nas entradas do estabelecimento, uso obrigatório de máscaras, distanciamento social entre as pessoas, disponibilização de lavatórios móveis para a higienização da mão e o álcool em gel.

Jailton Júnior
Novo posto de testagem para covid-19 no Ceasa-PE - Jailton Júnior
Jailton Júnior
Novo posto de testagem para covid-19 no Ceasa-PE - Jailton Júnior
Jailton Júnior
Novo posto de testagem para covid-19 no Ceasa-PE - Jailton Júnior
Jailton Júnior
Novo posto de testagem para covid-19 no Ceasa-PE - Jailton Júnior
Jailton Júnior
Novo posto de testagem para covid-19 no Ceasa-PE - Jailton Júnior
Jailton Júnior
Novo posto de testagem para covid-19 no Ceasa-PE - Jailton Júnior
Jailton Júnior
Novo posto de testagem para covid-19 no Ceasa-PE - Jailton Júnior
Jailton Júnior
Novo posto de testagem para covid-19 no Ceasa-PE - Jailton Júnior
Jailton Júnior
Novo posto de testagem para covid-19 no Ceasa-PE - Jailton Júnior
Jailton Júnior
Novo posto de testagem para covid-19 no Ceasa-PE - Jailton Júnior

Exames disponíveis

Antes de serem triados para a testagem, todos aqueles que desejam fazer o teste devem, primeiramente, preencher um questionário com perguntas relativas à idade, profissão, sintomas e, ainda, quando esses últimos apareceram. Só de acordo com as respostas será definido o tipo de teste que será realizado. São duas opções: o RT-PCR, indicado para quem está com sintomas gripais até o sétimo dia do início do quadro, podendo, porém, ser estendido até o décimo dia, caso persistam os sintomas; e o teste rápido, para os casos em que o paciente esteja há mais de sete dias do início dos sintomas e também com mais de 72h desde o desaparecimento dos sintomas. No local de testagem também há funcionários do Ceasa, que foram treinados pela própria equipe da Secretária de Saúde do Estado.

O secretário de Saúde do Estado, André Longo, reforça que a ampliação da testagem é um dos pontos centrais do trabalho desenvolvido em Pernambuco em relação ao plano de convivência com a covid-19. “Conhecer a situação da doença é fundamental para uma reabertura econômica mais segura. E esse é mais um passo nesse sentido, já que, em junho, havíamos ampliado o número de grupos prioritários para a testagem e precisávamos que nossa capacidade de coleta mantivesse essa tendência. Atualmente, temos feito uma média de 10 mil exames por semana, um aumento considerável, já que em março, fazíamos uma média de 70 testes”, comenta o secretário.

Centros de testagens

Atualmente, estão em funcionamento três centros de testagens para covid-19 na Região Metropolitana de Recife. Um deles é voltado exclusivamente para coleta de profissionais da Secretaria Estadual de Saúde, localizado na própria sede da unidade, no bairro do Bongi. Os outros dois postos avançados, que passam a receber casos suspeitos de todos os grupos prioritários, estão localizados no Centro de Formação dos Servidores e Empregados Públicos do Estado de Pernambuco (Cefospe) – instituição vinculada à Secretaria de Administração (SAD), no bairro da Boa Vista, área central do Recife –, e no Centro de Convenções de Pernambuco (Cecon-PE), no Complexo de Salgadinho, em Olinda. Juntas, as três unidades já realizaram 9.353 exames, sendo 2.802 swab nasal-orofaríngeo e 6.551 testes rápidos.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte.

Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias