Polícia

Polícia Civil deflagra operação que mira grupo suspeito de homicídio, tráfico de drogas e estelionato

Os mandados são cumpridos em Olinda e Paulista, na Região Metropolitana do Recife (RMR) e nas cidades de Hortolândia, Campinas e Castilho, em São Paulo

JC
JC
Publicado em 06/08/2020 às 7:02
Notícia

DIVULGAÇÃO/POLÍCIA CIVIL
Durante a operação Caixa Preta, trabalharam 40 policiais civis dos estados de Pernambuco e São Paulo, entre delegados, agentes e escrivães - FOTO: DIVULGAÇÃO/POLÍCIA CIVIL
Leitura:

Cumprindo 11 mandados de prisão e sete de busca e apreensão, a Polícia Civil de Pernambuco deflagrou, na manhã desta quinta-feira (6), a operação Caixa Preta, que mira grupo suspeito de cometer os crimes de homicídio, tráfico de drogas e estelionato. Esta é a 35ª operação de Repressão Qualificada neste ano, sob a investigação da delegada Larissa Melo. Os mandados são cumpridos em Olinda e Paulista, na Região Metropolitana do Recife (RMR) e nas cidades de Hortolândia, Campinas e Castilho, em São Paulo.

Segundo a polícia, as investigações se iniciaram em 2019, para descobrir a autoria de um homicídio que aconteceu no dia 24 de outubro. Após as diligências, a polícia descobriu que os suspeitos integram a organização que comete homicídios em Pernambuco e tráfico de drogas e estelionato em São Paulo. Todos os 11 mandados de prisão e sete de busca e apreensão foram expedidos pela 1ª Vara Criminal da Comarca de Paulista.

Durante a operação, trabalham 40 policiais civis dos estados de Pernambuco e São Paulo, entre delegados, agentes e escrivães. A operação é coordenada pela Diretoria Integrada Especializada.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte.

Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias