PACTO PELA VIDA

Roubos caem em Pernambuco, mas número de homicídios ainda é elevado

Dados parciais do Pacto Pela Vida referentes ao mês de agosto foram divulgados nesta quinta-feira (10)

Carolina Fonsêca
Carolina Fonsêca
Publicado em 10/09/2020 às 16:20
Notícia
Acervo/ JC Imagem
O crime aconteceu no município de Barreiros - FOTO: Acervo/ JC Imagem
Leitura:

Pernambuco apresentou, nesta quinta-feira (10), na sede da Secretaria de Planejamento e Gestão do Estado (Seplag), estatísticas do Pacto Pela Vida referentes ao mês de agosto. Os primeiros dados apontam que os Crimes Violentos contra o Patrimônio (CVPs), como roubos e furtos, tiveram uma redução de aproximadamente 40% em relação ao mesmo período do ano passado. 

O governador Paulo Câmara classificou como "satisfatório" o mês de agosto em relação aos números. “Agosto de 2020 nos mostra que alongamos a sequência de retração nos roubos e assaltos, completando 36 meses de recuo nessa modalidade de crime que tanto aflige a população. O mês de agosto foi satisfatório com reduções tanto no número de CVLI, quanto na manutenção de reduções importantes no CVP, o que mostra que todo o planejamento da segurança pública, nesses meses de pandemia e preocupações, continua muito ativo. Temos que conviver com ações diferentes. Os serviços estão retornando, mas a segurança pública tem que estar presente e cuidando tanto da segurança das pessoas, como ajudando Pernambuco a enfrentar a pandemia do novo coronavírus", disse.

Apesar dessa queda, o desafio da polícia está em solucionar esses crimes. Em 2019, por exemplo, a Polícia Civil registrou 6.213 queixas de furtos de veículos em Pernambuco, mas até julho deste ano, apenas 35 casos tiveram as investigações concluídas, ou seja, apenas 0,5% do total de inquéritos.

Os números consolidados de roubos e furtos registrados em agosto deste ano devem ser divulgados na próxima segunda-feira (15).

Número elevado de homicídios

Os números apresentados pelo Estado mostraram ainda que Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs), ou seja, os homicídios, caíram apenas 3% em agosto deste ano. A quantidade total de CVLI também será divulgada na segunda-feira.

No mês de julho de 2020, o Estado contabilizou 321 crimes deste tipo, um aumento de 28,9% em relação ao mesmo período em 2019. Um crescimento observado em todas as regiões do Estado. Nos sete primeiros meses deste ano, inclusive, houve sucessivos aumentos dos assassinatos. 

Segundo o secretário de Defesa Social, Antônio de Pádua, a Polícia Civil de Pernambuco (PCPE) vem quebrando, em 2020, recorde de operações. “A PCPE vem quebrando, em 2020, seu recorde de operações, e a PMPE fez um importante reposicionamento de efetivo no território, com fortalecimento de atuação em áreas quentes, a exemplo da recém-lançada Operação Raio, com emprego da Radiopatrulha. Temos outras estratégias em curso para fazer as organizações criminosas perderem cada vez mais terreno para a paz social”, disse.

Também participaram do encontro os secretários Pedro Eurico (Justiça e Direitos Humanos), Cloves Benevides (Políticas de Prevenção às Drogas) e Alexandre Rebêlo (Planejamento e Gestão.

Programa Educacional de Resistência às Drogas 

Em comemoração aos 20 anos do Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd), o governador recebeu da policial militar Fabrícia Soares, mentora do Proerd, um kit contendo placa comemorativa, bolo e uma máscara. O programa é desenvolvido pela Polícia Militar, sob coordenação da Gerência de Prevenção e Articulação e Integração Comunitária – GPAC da Secretaria de Defesa Social, com o objetivo de aproximar a Polícia Militar da comunidade, da escola e das famílias. Em duas décadas, 748.352 estudantes foram impactados pelo programa no Estado. O dia 29 de agosto foi instituído pela Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), por meio da lei nº 13.760, de 30 de abril de 2009, como o Dia Estadual do Proerd.

Comentários

Últimas notícias