Homenagem

Dia de Santa Edwiges é celebrado por católicos com missa e carreata na Zona Oeste do Recife

Por conta da pandemia do novo coronavírus, os fieis poderão assistir às celebrações tanto dentro da igreja, localizada na Rua Alfredo Pereira Borba, como do lado de fora, através de um telão instalado pelos organizadores

JC
JC
Publicado em 16/10/2020 às 10:07
Notícia

Divulgação/Paróquia Nossa Senhora dos Remédios
Capela de Santa Edwiges, localizada no bairro do Prado, Zona Oeste do Recife - FOTO: Divulgação/Paróquia Nossa Senhora dos Remédios
Leitura:

Invocada como padroeira dos pobres, endividados e presidiários, Santa Edwiges é celebrada nesta sexta-feira (16) por católicos de todo o Brasil. Em Pernambuco, mais precisamente na capital, as homenagens em favor da data começaram desde cedo na capela que leva o nome da Santa, localizada no bairro do Prado, na Zona Oeste da cidade. 

Divulgação/Paróquia Nossa Senhora dos Remédios
Capela de Santa Edwiges, localizada no bairro do Prado, Zona Oeste do Recife - Divulgação/Paróquia Nossa Senhora dos Remédios

O dia é marcado por três celebrações eucarísticas, uma às 7h, ministrada pelo Padre Inácio Vieira, outra às 10h, dirigida pelo Padre Hewerton de Castro, pároco da Paróquia de Santo Antônio em Areias, e a última às 19h30, presidida por Dom Limacedo Antônio, bispo auxiliar da Arquidiocese de Olinda e Recife. 

Para Jorge Rodrigues, que é fiel da Paróquia Nossa Senhora dos Remédios, as celebrações em homenagem à Santa Edwiges fazem parte dos momentos mais especiais do ano. O homem acredita que a Santa é exemplo de fé, santidade e solidariedade. "Santa Edwiges é exemplo de vida e santidade e ela nos mostra a salvação que é Jesus. Ela foi uma mulher que distribuiu suas posses em favor dos mais necessitados, seguindo o exemplo de Jesus", explicou. 

A tradicional procissão em homenagem a Santa acontece às 18h, pelas ruas do bairro, no estilo carreata. A capela estará aberta durante o dia inteiro para que os fiéis possam comparecer e realizar preces e homenagens. 

"Estamos reunidos em nossa capela e teremos festa o dia inteiro. Na carreata, Santa Edwiges irá num carro e as pessoas irão seguindo pelas ruas de nosso bairro. Estando endividados ou não, venha rezar e honrar Santa Edwiges", disse o padre Riva Barros em entrevista à reportagem do JC. 

O dia de celebrações se encerra às 19h30 com uma missa especial na Capela, localizada na Rua Alfredo Pereira Borba. A celebração será presidida por Dom Limacedo Antônio, bispo auxiliar da Arquidiocese de Olinda e Recife. 

Por conta da pandemia do novo coronavírus, os fieis poderão assistir às celebrações tanto dentro da igreja, localizada na Rua Alfredo Pereira Borba, como do lado de fora, através de um telão instalado pelos organizadores. Quem não se sentir seguro para comparecer presencialmente poderá participar da missa através da transmissão online que acontece no canal oficial do YouTube da Paróquia Nossa Senhora dos Remédios.

Santa dos endividados

De acordo com estudiosos do catolicismo, Santa Edwiges foi uma mulher bastante caridosa, que vivia com uma renda mínima e usava o restante para ajudar pessoas em vulnerabilidade social e econômica, como pobres, enfermos, idosos, viúvas, crianças abandonadas e encarcerados.

Conta-se que a Santa, ao descobrir que muitos estavam no presídio por não terem dinheiro para pagar suas contas,  passou a pagar as dívidas dos que estavam encarcerados para que todos pudessem ser libertos. Além disso, ela também os ajudava a fim de conseguir um emprego para que pudessem recomeçar a vida.

Sua morte ocorreu no dia 15 de outubro de 1243 e sua canonização foi realizada no dia 26 de março de 1267 pelo papa Clemente IV. Como no dia 15 de outubro celebra-se Teresa de Ávila, a comemoração de Santa Edwiges passou para o dia 16 de outubro.

Divulgação/Paróquia Nossa Senhora dos Remédios
Capela de Santa Edwiges, localizada no bairro do Prado, Zona Oeste do Recife - FOTO:Divulgação/Paróquia Nossa Senhora dos Remédios

O jornalismo profissional precisa do seu suporte.

Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias