ADEUS

PM assassinado em Porto de Galinhas é velado e enterrado em Maceió sob forte comoção

O policial militar foi assassinado com um tiro na cabeça na última sexta (20) quando passava férias em Porto de Galinhas, em Ipojuca, Litoral Sul de Pernambuco

JC
JC
Publicado em 23/11/2020 às 11:48
Notícia

Reprodução
O policial militar foi enterrado no cemitério São Luís, em Maceió, capital de Alagoas - FOTO: Reprodução
Leitura:

O corpo de Johnson Bulhões da Rosa Silva, de 27 anos, policial militar alagoano que foi assassinado com um tiro na cabeça na praia de Porto de Galinhas, em Ipojuca, Litoral Sul de Pernambuco, foi velado e enterrado no último domingo (22). O enterro aconteceu no Cemitério São Luís, em Maceió, na capital de Alagoas, e reuniu familiares, amigos e colegas de profissão do PM. Sob forte comoção, diversos policiais militares participaram da cerimônia fúnebre em homenagem ao soldado.

>> PM prende suspeito de participação em assassinato de policial em Porto de Galinhas

Veja imagens:

Reprodução
O policial militar foi enterrado no cemitério São Luís, em Maceió, capital de Alagoas - Reprodução
Reprodução
O policial militar foi enterrado no cemitério São Luís, em Maceió, capital de Alagoas - Reprodução
Reprodução
O policial militar foi enterrado no cemitério São Luís, em Maceió, capital de Alagoas - Reprodução
Reprodução
O policial militar foi enterrado no cemitério São Luís, em Maceió, capital de Alagoas - Reprodução
Divulgação
O policial militar foi enterrado no cemitério São Luís, em Maceió, capital de Alagoas - Divulgação

Um dos suspeitos preso

Um dos suspeitos de participação no latrocínio - roubo seguido de morte - de Johson, foi preso pela Polícia Militar de Pernambuco na noite do sábado (21).

» Policial militar de Alagoas é assassinado com tiro na cabeça na praia de Porto de Galinhas

» Policiais de Alagoas estão em Pernambuco para ajudar no caso do PM morto em assalto em Porto de Galinhas

» Recife registra aumento de 31% nos homicídios em outubro, mês mais violento do ano

» Dupla é presa com drogas usando viatura descaracterizada da Delegacia de Água Fria

Segundo informações, equipes do 18º BPM receberam indicações sobre a possível localização do suspeito e acabaram detendo o homem na residência da sogra dele, no município de São José da Coroa Grande, também no Litoral Sul.  No momento da prisão, ele estava acompanhado de seu advogado.

À polícia, o homem confessou que pilotava a motocicleta durante a ação criminosa e informou o local onde a mesma se encontrava escondida. Os policiais foram, então, até o endereço do suspeito, em Porto de Galinhas, onde o veículo foi apreendido. 

O suspeito e a motocicleta foram conduzidos inicialmente para Delegacia de Porto de Galinhas e, posteriormente, o homem foi encaminhado para o DHPP, no bairro do Cordeiro, para adoção das medidas legais cabíveis.

Relembre o caso

A vítima, identificada como Johnson Bulhões da Rosa Silva, de 27 anos, estava acompanhada da esposa, grávida de três meses, quando o crime aconteceu. Eles, que passavam alguns dias de folga na casa de familiares em Porto de Galinhas, estavam caminhando quando foram abordados por dois homens em uma moto. O policial reagiu e acabou baleado e a arma foi levada pelos suspeitos. 

Johnson, que era soldado do Batalhão de Polícia Rodoviária de Alagoas desde 2018, chegou a ser socorrido e levado para a UPA de Ipojuca e, posteriormente, para o Hospital da Restauração, na àrea Central do Recife, onde faleceu. 

A PM disse ainda que, após o crime, equipes do 18º BPM e do BOPE realizaram incursões nas proximidades da comunidade Salinas e Soco, mas até o início da tarde deste sábado nenhum suspeito havia sido detido.

De acordo com a Polícia Civil, o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) instaurou inquérito e já assumiu o caso. A motivação e autoria do homicídio estão sendo investigadas.

 

Comentários

Últimas notícias