LUZES NO CÉU

Show de luzes poderá ser visto nos céus do Recife

Prefeitura montou estrutura com jogos de luzes projetados a partir de oito pontos do município

Thalis Araújo
Thalis Araújo
Publicado em 31/12/2020 às 18:54
ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
Show de luzes iluminará o céu recifense - FOTO: ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
Leitura:

Luzes e cores vão levar mais esperança à janela das pessoas para a chegada de 2021. Encerrando um ano tão desafiador em todos os aspectos e com uma virada que também marca a restauração da esperança e a renovação de pensamentos positivos, os moradores do Recife poderão visualizar uma festa de Ano Novo com criatividade. É que a Prefeitura montou um espetáculo de luzes projetado a partir de oito pontos estratégicos da capital pernambucana. Os jogos de luzes e lasers prometem um espetáculo de alcance entre cinco e sete quilômetros, nas zonas Norte, Sul e Oeste da cidade.

>> Exagerou no álcool? Veja dicas para evitar a ressaca

>> Confira dicas para se alimentar melhor no Natal e Ano Novo e minimizar exageros pós-ceias

>> Ano Novo sem fogos e sem festa: saiba o que pode e o que não pode na virada de ano em Pernambuco

A dança colorida no céu recifense está prevista para iniciar às 23h45. No primeiro segundo do ano de 2021, a iluminação será intensificada com cometas luminosos. Serão, ao todo, 30 minutos de festejo, com a trilha sonora garantida pela rádio Frei Caneca FM, na frequência 101.5 FM. No ar estarão tocando nomes potentes da música brasileira como Elza Soares, Otto e Dona Onete, entre outros.

“O Ciclo Natalino da Prefeitura do Recife vem promovendo uma série de atividades virtuais e volantes, levando encantamento e o melhor da nossa cultura para a população. Vamos iniciar o próximo ano com muita luz, reforçando essa mensagem de amor e esperança para as pessoas”, disse a secretária de Turismo, Esportes e Lazer do Recife, Ana Paula Vilaça.

A festa da Virada de Ano com luzes substitui a tradicional queima de fogos na Orla de Boa Viagem e em outros pontos da cidade, incentivando a celebração dentro de casa, evitando a disseminação do novo coronavírus neste enfrentamento à pandemia.

Apesar de um ano tão desafiador para o setor, o Recife se destacou liderando as pesquisas entre os destinos mais procurados. De acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis em Pernambuco (ABIH-PE), a taxa de ocupação hoteleira é de 80%, com permanência média de três dias. Recebendo bem os turistas e visitantes, a Prefeitura do Recife montou ainda um receptivo com pastoril, no Aeroporto Internacional da cidade, entre os dias 19 e 23 de dezembro.

Queima da Lapinha

O Ciclo Natalino só encerra no dia 6 de janeiro, com a realização da Queima da Lapinha, tradição religiosa do século XIX, trazida pelos jesuítas para o Brasil, cujo simbolismo está relacionado à manjedoura onde nasceu o Menino Jesus e ao dia em que ele foi visitado pelos três reis magos. Feita de folhagens secas e incensos, a lapinha é queimada para consagrar o ciclo ao fogo. Este ano, o cortejo dos pastoris será nas Freviocas, com saída do Parque Dona Lindu. A Lapinha será queimada no Sítio Trindade, sem a participação do público.

Comentários

Últimas notícias