TRANSTORNO

Dias após término de obra, Túnel do Jordão, na Zona Sul do Recife, volta a acumular água

A obra foi feita pelo Departamento de Estradas de Rodagem de Pernambuco (DER), vinculado à Secretaria de Infraestrutura e Recursos Hídricos (Seinfra)

JC
JC
Publicado em 11/01/2021 às 10:38
Notícia

DAY SANTOS/JC IMAGEM
O equipamento voltou a alagar mesmo após conclusão do serviço - FOTO: DAY SANTOS/JC IMAGEM
Leitura:

O Túnel Felipe Camarão, na PE-008, no bairro do Jordão, Zona Sul do Recife, voltou a alagar nesta segunda-feira (11), comprometendo a circulação de veículos. O problema foi uma surpresa para os motoristas, já que, por quase uma semana, de 4 a 8 de janeiro, última sexta-feira, o equipamento esteve interditado justamente para a realização de trabalhos de manutenção, reposição de peças, tapa-buracos e limpeza, que prometiam sanar o acúmulo de água.

A obra, tocada pelo Departamento de Estradas de Rodagem de Pernambuco (DER), vinculado à Secretaria de Infraestrutura e Recursos Hídricos (Seinfra), do Governo de Pernambuco, é criticada pela população. Isto porque, nesta manhã, a pista estava completamente molhada e a água voltou a acumular. Foi possível observar, também, desnível no asfalto e até lodo em certos pontos da estrutura de concreto que cobre o túnel.

"Eles fecharam o túnel e não resolveram nada, disseram que trocaram a bomba, mas continua derramando água do mesmo jeito. À noite eu passei e estava derramando, e hoje o túnel amanheceu cheio de água. É um absurdo, uma vergonha. A gente passa levantando as pernas, com risco de cair nos buracos. Eles os taparam, mas começou a abrir de novo", relata o motociclista Aldemir José.

O motorista José Wallace também criticou a situação. "O que adiantou fechar uma semana, para estar esse desleixo total? Eu realmente estou decepcionado", afirmou. O motociclista e servidor público Daniel Marcolino compartilha da mesma opinião. "Passou cinco dias interditado, o pessoal tendo um transtorno de fazer o retorno, consertaram e já voltou tudo de novo. Mais um transtorno para a população", disse.

A obra, que deveria levar dois dias para ser finalizada, acabou levando cinco. Segundo o DER, o motivo do atraso foi um roubo da fiação elétrica, constatado durante inspeção técnica, além dos danos causados em parte da grade que isola a área de acesso aos sistemas elétrico e hidráulico.

Por nota, o DER informou que a equipe técnica já está no túnel verificando as razões do novo acúmulo de água para solucioná-lo, e explicou que o equipamento passou por uma manutenção elétrica e hidráulica, onde se identificou que o problema foi causado por conta de roubo dos fios da bomba. De acordo ocm o órgão, realizado o reparo, o túnel foi drenado, a pista teve o asfalto recuperado e o tráfego foi liberado no local.

Comentários

Últimas notícias