GRANDE RECIFE

Policial é acionada pelo marido após roubo de carro e mata suspeito do crime durante confronto em Paulista

A policial militar foi acionada pelo marido, motorista de aplicativo, que teve o carro roubado nesta terça-feira (12) por um homem de 20 anos e um adolescente de 15. Ela interceptou o veículo e reagiu à investida dos suspeitos, matando um deles

JC
JC
Publicado em 12/01/2021 às 18:08
Notícia

REPRODUÇÃO DE VÍDEO/TV JORNAL
Carro foi localizado perto da praça de Jardim Paulista Alto - FOTO: REPRODUÇÃO DE VÍDEO/TV JORNAL
Leitura:

Atualizada às 20h43

Uma policial militar matou um homem de 20 anos e apreendeu um adolescente de 15 anos suspeitos de roubo de carro em Paulista, no Grande Recife, nesta terça-feira (12). Ela havia sido acionada pelo marido, motorista de aplicativo e proprietário do veículo.

De acordo com informações repassadas à TV Jornal, o marido da PM tinha pego uma corrida em Jardim Paulista com destino ao bairro Nobre, na cidade. No caminho, os dois suspeitos anunciaram a investida e fugiram com o carro. O homem, então, ligou para a esposa, que interceptou o automóvel nas proximidades da praça de Jardim Paulista Alto. 

Em nota, a Polícia Civil informou que a policial reagiu à investida dos suspeitos, atingindo o mais velho, que morreu no local. Ferido, o adolescente foi apreendido, levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Jardim Paulista e encaminhado à delegacia. Agora, ele será apresentado ao Ministério Público. O caso está sendo investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

O advogado da policial, Jorge Guimarães, relatou à TV Jornal como teria ocorrido a ação: "Levaram o carro dele e ela tentou localizar o veículo, após gerar a ocorrência. Não obteve êxito. Por uma coincidência, acabou encontrando com os elementos em uma praça. Ela desembarcou de seu veículo, deu ordem de parada aos indivíduos, pediu para que eles desembarcassem do carro e não foi atendida. Em seguida, tentaram a atropelar e apontaram uma arma contra a policial. Ela não teve remédio a não ser disparar contra os indivíduos até que eles cessassem a agressão e pedissem para sair do veículo", disse. 

O delegado Augusto Cunha informou que as investigações devem ser concluídas em até 30 dias. "Ela vai responder a um inquérito por portaria, já que não está sendo lavrado o flagrante. Neste inquérito por portaria, a gente tem 30 dias para concluir as investigações. A partir disso, vamos esclarecer esses pontos e dar uma conclusão mais certeira", disse. 

Leia a nota da Polícia Civil

A Polícia Civil apreendeu na manhã do dia (12), por analogia ao crime de roubo, um adolescente de 15 anos de idade. O adolescente infrator juntamente com um homem de 20 anos de idade, subtraíram um veículo em Jardim Paulista, tendo sido interceptados, por uma policial militar, a qual reagiu aos disparos efetuados pela dupla, tendo atingido o assaltante adulto, o qual veio a óbito no local e ferido o menor infrator, o qual foi socorrido e encaminhado à delegacia para a lavratura do procedimento. Ele será apresentado ao Ministério Público.

 


 

Comentários

Últimas notícias