FOLIA CANCELADA

Bonecos de Olinda, que desfilariam nesta terça-feira, ficam à espera do Carnaval de 2022

Esta terça-feira (15) seria o último dia oficial de Carnaval e também o dia do Encontro dos Bonecos Gigantes, que terá que aguardar o ano que vem

Margarida Azevedo
Margarida Azevedo
Publicado em 15/02/2021 às 23:34
Notícia

YACY RIBEIRO/JC IMAGEM
Para ver os bonecos gigantes, somente comparecendo aos ateliês dos artistas - FOTO: YACY RIBEIRO/JC IMAGEM
Leitura:

O artista plástico Sílvio Botelho, 63 anos, estará nesta terça-feira (15) no seu ateliê, que também é residência, na Rua do Amparo, no Sítio Histórico de Olinda, no Grande Recife. Faz 33 anos que ele não sabe o que é estar sossegado numa manhã de Terça-feira Gorda. Fosse este um ano típico de Reinado de Momo, Sílvio estaria comandando o Encontro de Bonecos Gigantes, atração vista por milhares de foliões que aguardam os símbolos da folia olindense saírem do Largo do Guadalupe, também na Cidade Alta, e percorrerem ruas e ladeiras embalados por orquestras de frevo. Com a pandemia de covid-19 e por isso o cancelamento do Carnaval, a 34ª edição do encontro não vai existir. A cigana Magdala e o Galo da Madrugada, dois novos bonecos que iriam estrear no desfile, ficarão guardados até 2022.

"Jamais imaginaríamos que isso iria acontecer. Pela primeira vez, em 34 anos, desde que o encontro foi criado, não vamos colocar os bonecos na rua. É por uma justa causa, mas o sentimento é de tristeza", diz Sílvio. "Estou me sentindo órfão nesses dias de Carnaval. Vou ficar na minha casa, amargar a falta da festa", comenta o bonequeiro, responsável por criar mais de 1.300 bonecos em quatro décadas de ofício. "Para este ano fiz Magdala, uma mestra cigana, muito protetora. Ficou bonita, ela tem uma beleza própria. Mas isso os foliões só vão ver em 2022", afirma. Outra encomenda que ficou pronta é o boneco do Galo da Madrugada, bloco que igualmente não saiu este ano pelas ruas do Recife.

FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
NOVIDADE Sílvio Botelho com cigana Magdala, que iria estrear na folia deste ano - FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
Sílvio Botelho com cigana Magdala, que iria estrear na folia deste ano - FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
YACY RIBEIRO/JC IMAGEM
Para ver os bonecos gigantes, somente comparecendo aos ateliês dos artistas - YACY RIBEIRO/JC IMAGEM
YACY RIBEIRO/JC IMAGEM
Para ver os bonecos gigantes, somente comparecendo aos ateliês dos artistas - YACY RIBEIRO/JC IMAGEM
YACY RIBEIRO/JC IMAGEM
EMBAIXADA No Recife Antigo, uma das novidades é o boneco de Joe Biden - YACY RIBEIRO/JC IMAGEM
YACY RIBEIRO/JC IMAGEM
Boneco do ex-presidente norte-americano Donald Trump - YACY RIBEIRO/JC IMAGEM
YACY RIBEIRO/JC IMAGEM
Boneco do presidente Bolsonaro - YACY RIBEIRO/JC IMAGEM
YACY RIBEIRO/JC IMAGEM
15.02.21 - CARNAVAL - Por conta da pandemia da Coronavírus desfile dos Bonecos Gigantes ficará para o ano que vem - YACY RIBEIRO/JC IMAGEM
YACY RIBEIRO/JC IMAGEM
Para ver os bonecos gigantes, somente comparecendo aos ateliês dos artistas - YACY RIBEIRO/JC IMAGEM
YACY RIBEIRO/JC IMAGEM
Para ver os bonecos gigantes, somente comparecendo aos ateliês dos artistas - YACY RIBEIRO/JC IMAGEM
YACY RIBEIRO/JC IMAGEM
Para ver os bonecos gigantes, somente comparecendo aos ateliês dos artistas - YACY RIBEIRO/JC IMAGEM
YACY RIBEIRO/JC IMAGEM
OLINDA Espaço reúne bonecos feitos por Botelho - YACY RIBEIRO/JC IMAGEM
YACY RIBEIRO/JC IMAGEM
TURISTA Sem desfile, Joelma visitou casa onde bonecos ficam o ano todo - YACY RIBEIRO/JC IMAGEM
YACY RIBEIRO/JC IMAGEM
Boneco gigante de Luiz Gonzaga - YACY RIBEIRO/JC IMAGEM
YACY RIBEIRO/JC IMAGEM
PANDEMIA Batata é um dos que está de máscara para estimular prevenção da covid - YACY RIBEIRO/JC IMAGEM
YACY RIBEIRO/JC IMAGEM
Desfile dos Bonecos Gigantes de Olinda ficará para o ano que vem - YACY RIBEIRO/JC IMAGEM
YACY RIBEIRO/JC IMAGEM
Desfile dos Bonecos Gigantes de Olinda ficará para o ano que vem - YACY RIBEIRO/JC IMAGEM
YACY RIBEIRO/JC IMAGEM
Desfile dos Bonecos Gigantes de Olinda ficará para o ano que vem - YACY RIBEIRO/JC IMAGEM

Sem poder acompanhar os personagens animados pelas ruas, o consolo dos foliões que estão em Olinda é visitar o espaço que reúne alguns dos bonecos criados pelo artista plástico. No Alto da Sé funciona a Casa dos Bonecos Gigantes e Mirins de Olinda. Em outros anos, o espaço esteve fechado da sexta-feira da semana pré até a Quarta-feira de Cinzas. Sem folia em 2021, está aberto normalmente nesses dias para visitação, das 9h às 17h. O publicitário André Amorim, 39, levou o filho João Felipe, 3, para ver os bonecos. "Ano passado estivemos com ele no encontro do Largo do Guadalupe. Ele adorou. Como hoje (ontem) estou de folga do trabalho e não haverá o encontro esse ano, viemos visitar o espaço", conta André. Os bonecos preferidos de João Felipe são o Homem da Meia Noite e o Menino da Tarde.

A administradora paraibana Joelma Lucena, 26, também visitou o local com o namorado. "Ainda tínhamos esperança que mesmo não havendo Carnaval existisse alguma festa, mas realmente não há nada em Olinda. É uma pena, mas entendo que é necessário. Já vi o encontro de bonecos pela televisão e achei muito bonito. Gostaria de acompanhar", comenta Joelma.

Para estimular as pessoas a se prevenirem da covid-19, alguns bonecos da exposição - são cerca de cem - estão usando máscaras no rosto. Um deles, o Batata, que representa o garçom de mesmo nome que fundou o Bacalhau do Batata, outra tradicional agremiação olindense, portava o acessório. Segundo André Luiz Vasconcelos, 40, filho adotivo de Sílvio Botelho, Batata, o percussionista Naná Vasconcelos, o escritor Ariano Suassuna e o músico Luiz Gonzaga estão entre os personagens preferidos dos visitantes.

Sílvio está preocupado com as cerca de 500 pessoas que trabalhariam no encontro e agora estão sem a renda extra. "Saímos com 80 bonecos. Para cada um há dois homens que se revezam para carregá-lo. São quatro orquestras de frevo com 30 músicos em cada. Mais 200 seguranças. Sem contar outras pessoas envolvidas na produção. É uma angústia tremenda ver essa cadeia produtiva tão forte sem fazer nada", ressalta o artista plástico.

RECIFE

A Embaixada Pernambuco Bonecos Gigantes de Olinda, localizada na Rua do Bom Jesus, no Bairro do Recife, também recebe turistas o ano todo. Um das novidades do espaço, mantido pelo casal Leandro e Sineide Castro, é o boneco do presidente dos Estados Unidos, Joe Biden. "Nos próximos dias ficarão prontos bonecos de um médico, uma enfermeira e um socorrista do Samu para homenagear os profissionais que estão na linha de frente da pandemia", explica Leandro.

Comentários

Últimas notícias