Coronavírus

Após novas restrições do Governo do Estado, Caruaru vai reforçar fiscalização para combater a covid-19

A prefeitura discutiu novas ações durante reunião do Comitê de Crise de Combate à Covid-19

Douglas Hacknen
Douglas Hacknen
Publicado em 24/02/2021 às 7:26
Notícia
Divulgação/SEIC
Prefeitura de Caruaru reforçará fiscalizações e ações de combate à covid-19 no município - FOTO: Divulgação/SEIC
Leitura:

O Comitê de Crise de Combate à Covid-19 do município de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, discutiu, em reunião realizada nessa terça-feira (23), o reforço nas fiscalizações e ações de combate ao novo coronavírus na cidade.

A prefeitura informou que seguirá as novas determinações do Governo do Estado para frear a contaminação. As medidas serão adotadas devido ao aumento na ocupação dos leitos de UTI na rede pública da cidade.

>> Covid-19: Pernambuco determina suspensão de atividades econômicas e sociais, das 20h às 5h, em três regiões do Estado

>> Pernambuco registrou 1.724 casos de covid-19 e mais 24 mortes em decorrência da doença nesta terça-feira (23)

>> Covid-19: UTI de hospital em Caruaru, principal do Agreste de Pernambuco, opera quase no limite

De acordo com a prefeita Raquel Lyra, que comanda o comitê, o município seguirá desempenhando as estratégias que vêm sendo adotadas ao longo dos últimos meses. "O Governo do Estado divulgou, hoje, novas medidas em 63 cidades, incluindo Caruaru, como a proibição de atividades econômicas e sociais e, também, a suspensão do retorno das aulas nas escolas públicas municipais, até 12 de março. Seguiremos todas as medidas do Decreto e seguiremos avaliando, dia a dia, a evolução e o resultado das ações e, como município, vamos tomar novas medidas, sempre que necessário", pontuou Raquel.

A chefe do Executivo municipal também comentou as medidas adotadas para ampliar o atendimento exclusivo para a covid-19. "Preparamos o Hospital Manoel Afonso para ser o nosso hospital de retaguarda, ampliamos leitos de enfermaria e criamos dez leitos de UTI. Além disso, também destinamos a UPA da Boa Vista para ser a nossa UPA exclusiva para atendimentos de casos da doença e, ainda, três unidades de Pronto Atendimento preparadas para atender também casos mais leves, além de testagens nas unidades de saúde e pontos estratégicos da nossa cidade. Infelizmente, o coronavírus avançou mais uma vez, e é a hora de voltar com as ações mais restritivas", reforçou.

Comentários

Últimas notícias