INDICADORES

Pernambuco está com 2ª menor taxa de mortalidade por covid-19 do Brasil, diz Opas

Além disso, o levantamento aponta que, neste ano, Pernambuco tem a quarta menor taxa de incidência da covid-19

JC
JC
Publicado em 25/05/2021 às 21:29
Notícia
BOBBY FABISAK/JC IMAGEM
Pernambuco totaliza 15.465 mortes pela covid-19 - FOTO: BOBBY FABISAK/JC IMAGEM
Leitura:

Levantamento realizado pela Organização Pan-Americana de Saúde (Opas/OMS), com dados acumulados este ano até 23 de maio, divulgado na segunda-feira (24), mostra que Pernambuco tem a segunda menor taxa de mortalidade por covid-19 do Brasil, considerando os óbitos confirmados este ano.

Além disso, mesmo com o aumento do número de casos informados diariamente, o levantamento da Opas/OMS aponta que, neste ano, Pernambuco tem a quarta menor taxa de incidência da covid-19 (casos confirmados da doença por 100 mil) no País, com registros maiores que o Maranhão, o Rio de Janeiro e o Pará.

Segundo a Secretaria de Saúde de Pernambuco (SES), a ampliação da testagem no Laboratório Central de Saúde Pública do Estado (Lacen-PE), juntamente com a maior oferta de testes rápidos de antígeno nas redes públicas municipais, como também nos serviços privados, inclusive nas farmácias, tem contribuído também para o aumento nas confirmações diárias de novos casos em Pernambuco.

"Precisamos lembrar que, no primeiro semestre de 2020, quando vivenciávamos os primeiros meses da pandemia, não testávamos os casos leves. Os registros diários sofrem o impacto de diversas variantes, como acúmulo de casos por municípios e até mesmo o aumento da testagem. Outro ponto importante é que, agora, a cada 100 casos registrados nos últimos dias, mais de 95% dos casos são de quadros leves. Muitas destas pessoas, inclusive, já estão recuperadas, pois há um delay entre o processamento do exame e a notificação na plataforma pelos municípios e serviços", explicou o secretário Estadual de Saúde, André Longo.

No caso da positividade para a covid-19, que é a proporção de notificações positivas pelo total de testes e que é um preditor de tendências da epidemia, mesmo com o aumento do processamento, houve redução do indicador. Na primeira semana de 2021, a positividade em Pernambuco estava em 31,6. Em março, na primeira semana do mês, estava em 25,4. Portanto, em comparação com a semana 18, que compreende o período entre 2 e 8 de maio e que tem positividade de 22,5, há uma redução de 29% e de 11%, respectivamente. Já em maio do ano passado, no pico da pandemia, a positividade alcançou a marca de 57,1.

Ontem a SES registrou 3.533 casos da covid-19. Entre os confirmados, 123 (3,5%) foram casos de síndrome respiratória aguda grave (srag) e 3.410 (96,5%) são leves. Agora, Pernambuco totaliza 467.269 registros de pessoas que já foram infectadas pelo novo coronavírus, sendo 43.809 que tiveram o quadro severo da doença e 423.460 apresentaram sintomas leves. Além disso, o Estado totaliza 15.465 mortes em decorrência da infecção.

Comentários

Últimas notícias