repercussão negativa

Depois de críticas, Fernando de Noronha não terá mais pulseiras que distinguiriam pessoas por status e dinheiro

Agora, serão apenas duas cores de pulseira para pagamentos: uma para turista e outra para os moradores da ilha

Douglas Hacknen
Douglas Hacknen
Publicado em 18/08/2021 às 23:07
HESÍODO GÓES/SETUR-PE
Turistas que desejarem visitar Noronha deverão ficar atentos às novas exigências - FOTO: HESÍODO GÓES/SETUR-PE
Leitura:

Após a repercussão negativa, o projeto que previa a entrega de pulseiras de pagamento com cores diferentes para artistas, pessoas com maior poder aquisitivo e moradores do Arquipélago de Fernando de Noronha foi reformulado. Muitos internautas disseram que o serviço traria "segregação". 

Em nota, o Sou Noronha, um dos responsáveis pelo projeto, informou que as pulseiras coloridas eram uma "ideia inicial e que não será implementada". Agora, "apenas serão identificados consumidores e comerciantes, por pulseiras verde e cinza, respectivamente".

Segundo os responsáveis, o projeto foi desenvolvido para trazer facilidade e segurança nos meios de pagamento de Noronha, atendendo turistas e movimentando ainda mais o comércio local. As pulseiras funcionam off-line e serão disponibilizadas sem custos. Será possível incluir créditos para efetuar pagamentos de produtos e serviços nos pontos cadastrados.

Leia a íntegra da nota do Sou Noronha

O Sou Noronha esclarece que o uso da pulseira eletrônica para facilitar as formas de pagamento na Ilha de Fernando de Noronha separada por categorias e cores se tratava de uma ideia inicial e que não será implementada.

Como as pulseiras estão em fase de produção, nenhum material foi distribuído a comerciantes ou usuários. A partir de agora, apenas serão identificados consumidores e comerciantes, por pulseiras verde e cinza, respectivamente. Dessa forma, usuários vão conseguir detectar de forma fácil quem está habilitado para a venda de créditos.

O projeto foi desenvolvido visando trazer facilidade e segurança nos meios de pagamento de Fernando de Noronha, atendendo turistas e movimentando ainda mais o comércio local.

Comentários

Últimas notícias