IMUNIZAÇÃO

Veja o que se sabe sobre a aplicação da terceira dose da vacina contra a covid-19 em Pernambuco

A dose de "reforço" começa a ser aplicada no próximo mês, de acordo com a Secretaria Estadual de Saúde

Vanessa Moura
Cadastrado por
Vanessa Moura
Publicado em 27/08/2021 às 8:40 | Atualizado em 27/08/2021 às 9:02
TIÃO SIQUEIRA/JC IMAGEM
EXPECTATIVA Estado pretende vacinar aproximadamente 25.325 estudantes matriculados, segundo a SES - FOTO: TIÃO SIQUEIRA/JC IMAGEM
Leitura:

A terceira dose da vacina contra a covid-19 já é uma realidade em Pernambuco. De acordo com anúncio realizado pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) na noite dessa quinta-feira (26), o "reforço" da imunização começará a ser aplicado em todo o Estado a partir do mês de setembro, seguindo o calendário do governo federal. 

LEIA MAIS 

Quem pode tomar a terceira dose ou reforço da vacina contra a Covid? O que são os imunossuprimidos?

João Campos diz que Recife está pronto para 3ª dose da vacina contra covid-19, mas que Saúde precisa formalizar processo

Covid-19: Pernambuco anuncia data em que começará a aplicar terceira dose; confira

Além dos idosos, Pernambuco buscará garantir 3ª dose da vacina contra a covid-19 a trabalhadores da saúde

Leia abaixo tudo o que se sabe até agora sobre a aplicação da terceira dose em Pernambuco: 

Quando a terceira dose da vacina contra a covid-19 começará a ser aplicada em Pernambuco? 

Seguindo o cronograma do governo federal, a terceira dose começará a ser aplicada em 15 de setembro. 

Quem poderá receber a terceira dose? 

Por enquanto, a terceira dose da vacina contra covid-19 só será aplicada em idosos com mais de 70 anos e pessoas com imunossupressão. A aplicação nos idosos seguirá a ordem cronológica, indo do mais velho para o novo.

Conforme o avanço da imunização desses grupos, a necessidade da dose de reforço também será analisada para outras faixas-etárias e públicos prioritários.

Qual o intervalo entre as doses?

Segundo o Ministério da Saúde, os indivíduos imunossuprimidos deverão fazer o reforço a partir do 28º dia após a segunda dose. Já os idosos devem fazer seis meses após a segunda dose (ou dose única). 

Qual vacina será utilizada para a aplicação da terceira dose? 

Essa vacinação deve ser feita prioritariamente com o imunizante da Pfizer. De maneira alternativa, também pode ser usada a vacina de vetor viral da Janssen ou da AstraZeneca. O secretário Estadual de Saúde, André Longo, frisou que o Ministério da Saúde enviará insumos específicos para essa estratégia e que a ação é paralela à vacinação de primeira e segunda doses.

Qual é a importância da terceira dose?

O objetivo dessa dose de reforço é ampliar a resposta imune do organismo no público considerado mais suscetível à doença, a fim de evitar complicações decorrentes da infecção e mortes. Estudos têm mostrado que a proteção dada pela vacina pode decair ao longo dos meses, sendo necessário ampliar a resposta imune. 

"Com o avanço da vacinação nos maiores de 18 anos e a inclusão dos adolescentes de 12 a 17 anos, estamos agora em um momento epidemiológico que é importante avançar em outras medidas para que a comunidade brasileira seja realmente imunizada e protegida de forma adequada. Foi observado que, para os idosos acima de 70 anos e os imunocomprometidos graves, há uma redução na proteção pós-vacina com o passar do tempo. Isso acontece independentemente da vacina administrada", esclarece o médico Eduardo Jorge da Fonseca Lima, representante regional da Sociedade Brasileira de Imunizações (Sbim) e membro do Comitê Estadual para Acompanhamento da Vacinação contra a Covid-19.

O que a OMS diz sobre a terceira dose?

O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, pede que a comunidade internacional evite a aplicação de doses de reforço antes de completar a imunização de grupos de risco no mundo todo. A organização defende que a aplicação dessas doses seja suspensa ao menos até o mês de outubro para alcançar o objetivo de vacinar aproximadamente 10% da população de todos os países.

Comentários

Últimas notícias