OPERAÇÃO

Polícia mira suspeitos de envolvimento em incêndio em polo automotivo de Goiana, na Zona da Mata

A operação cumpre oito mandados de prisão e nove mandados de busca e apreensão domiciliar expedidos pela Vara Criminal da Comarca de Goiana

Vanessa Moura
Vanessa Moura
Publicado em 21/10/2021 às 7:09
Notícia
REPRODUÇÃO DE VÍDEO
PREJUÍZO Chamas atingiram transportadora e veículos foram destruídos - FOTO: REPRODUÇÃO DE VÍDEO
Leitura:

A Polícia Civil de Pernambuco (PC-PE) realiza, na manhã desta quinta-feira (21), a 67ª Operação de Repressão Qualificada do ano, denominada "Vesúvio". A ação policial tem o objetivo de identificar e desarticular organização criminosa suspeita de envolvimento em um incêndio que atingiu veículos do polo automotivo de Goiana, na Zona da Mata, em 17 de outubro de 2020.

>> Criminosos que incendiaram carros da Jeep queriam assumir o transporte de veículos para transporte de drogas, diz polícia

Vinculada à Diretoria Integrada Especializada (DIRESP) e à Diretoria Integrada do Interior I (DINTER I), a operação cumpre oito mandados de prisão e nove mandados de busca e apreensão domiciliar expedidos pela Vara Criminal da Comarca de Goiana. 

LEIA MAIS

Polícia deflagra operação contra fraude em concursos públicos em Pernambuco e Alagoas

Operação da PF apura corrupção de funcionários do Governo de Pernambuco; secretário é alvo

Operação contra sonegação fiscal cumpre mandados no Grande Recife e no Agreste

A investigação foi iniciada em outubro de 2020, assessorada pela Diretoria de Inteligência da Polícia Civil de Pernambuco (DINTEL) e contou com o apoio Polícia Rodoviária Federal (PRF) e das Polícias Civis de São Paulo e Minas Gerais.

Até o início da tarde desta quinta-feira (21) seis pessoas haviam sido presas. Os detidos e o material apreendido na operação foram levados para a Dinter 1, em Caruaru, Agreste pernambucano; para São Paulo (SP); São Bernardo do Campo (SP); Mogi Mirim (SP) e Minas Gerais.

A Polícia Civil de São Paulo atuou como apoio operacional, no estado foram cumpridos mandados de prisão nas cidades de São Bernardo do Campo, Mogi Mirim e capital. "Contamos com três unidades distintas: Divisão de Capturas; Grupo Especial de Reação do Departamento de Operações Policiais e Estratégicas; e o Grupo de operações especiais da Seccional de São Bernardo do Campo", explicou o delegado da PCSP.

Veja as apreensões:

Divulgação/Polícia Civil
Apreensões da operação - Divulgação/Polícia Civil
Divulgação/Polícia Civil
Apreensões da operação - Divulgação/Polícia Civil
Divulgação/Polícia Civil
Apreensões da operação - Divulgação/Polícia Civil

De acordo com o delegado Jean Rockfeller, a organização tentava controlar a distribuição de veículos da Jeep no País. "A Polícia Civil atuou de forma cirúrgica para desarticular essa organização. Eles queriam controlar a logística para conseguir lavar o dinheiro da criminalidade e também ter uma rota para escoar sua droga", declarou.

Sobre o incêndio

Um incêndio atingiu o pátio da empresa Sada Transportes, localizada na entrada de Ponte de Pedras, em Goiana, na Região Metropolitana do Recife (RMR), na madrugada de 17 de outubro de 2020. Oito caminhões do tipo cegonha, carregados com 74 veículos, foram afetados pelas chamas. As chamas ainda atingiram um depósito de ônibus com 26 veículos. Não houve feridos ou óbitos, segundo os bombeiros.

Em nota divulgada na época, a Polícia Civil disse estar investigando o incêndio. "As investigações seguirão até a completa elucidação do ocorrido." 
 

 

Comentários

Últimas notícias