INVESTIGAÇÃO

Crea-PE fará fiscalização no local em que três pessoas morreram após choque elétrico em Jaboatão dos Guararapes

O caso aconteceu na terça-feira (21) na comunidade Beco da Colônia, no bairro de Jaboatão Centro

Vitória Floro
Vitória Floro
Publicado em 22/12/2021 às 8:55
Wellington Lima/TV Jornal
A campanha de negociação é destinada aos clientes inscritos na Tarifa Social - FOTO: Wellington Lima/TV Jornal
Leitura:

Na manhã desta quarta-feira (22), uma equipe técnica do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Pernambuco (Crea-PE) fará uma inspeção das condições de segurança da fiação elétrica no local onde três pessoas morreram após receber um choque elétrico causado por um cabo de alta tensão que se partiu e caiu na calçada.

A tragédia aconteceu na terça-feira (21) na comunidade Beco da Colônia, no bairro de Jaboatão Centro, município de Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife.

De acordo com o Crea-PE, a visita técnica está marcada para as 10h e terá participação do gerente de Fiscalização do Crea-PE, Ivan Carlos Cunha, e de integrantes da Câmara de Engenharia Elétrica do Conselho.

A instituição também afirma ter entrado em contato com a Neoenergia Pernambuco, antiga Celpe, para esclarecer as possíveis causas da fatalidade e irá seguir acompanhando o desenvolvimento das investigações.

Relembre o caso

Relembre o caso

Um vendedor de água de 65 anos, um mecânico de 24 anos e uma comerciante de 41 anos, passavam pela Rua Câmara Lima, na feira de Jaboatão Centro, localizada no Beco da Colônia, quando foram atingidos por fios de alta tensão .

De acordo com testemunhas, a comerciante Leiza Valéria da Conceição Silva foi a primeira a ser atingida. O mecânico Jonas Eduardo da Silva, genro dela, e o vendedor Nivaldo Batista de Albuquerque tentaram ajudar mas também sofreram uma descarga elétrica e não resistiram.

Segundo o Corpo de Bombeiros, os primeiros chamados foram feitos por volta das 8h34, as três equipes enviadas ao local constataram que as vítimas estavam sem sinais vitais. O Instituto de Criminalística (IC) e o Instituo Médico Legal (IML) também foram acionados.

Após a tragédia, parte da fiação ficou exposta pela rua e o fornecimento de luz precisou ser suspenso na área. Para o perito criminal Epaminodas Barros, uma sobrecarga de energia no fio pode ter provocado o acidente.

Em nota, a Neoenergia disse que está apurando as causas da ocorrência e prestando apoio aos familiares das vítimas e auxílio às autoridades competentes. De acordo com a Polícia Civil de Pernambuco, um inquérito policial foi instaurado para a elucidação dos fatos.

 

 

Comentários

Últimas notícias