RELIGIÃO

"Que seja concedido a Reginaldo Veloso cantar diante do Senhor Ressuscitado", diz Arquidiocese de Olinda e Recife sobre morte de padre

A nota foi assinada pelo Vigário Geral Monsenhor Luciano José Rodrigues Brito, que está respondendo pela Arquidiocese na ausência de Dom Fernando Saburido

Katarina Moraes
Cadastrado por
Katarina Moraes
Publicado em 20/05/2022 às 10:45 | Atualizado em 20/05/2022 às 10:58
REPRODUÇÃO
Reginaldo Veloso esteve à frente da paróquia de Nossa Senhora da Conceição por 12 anos - FOTO: REPRODUÇÃO
Leitura:

Por meio de nota de pesar, a Arquidiocese de Olinda e Recife prestou homenagem ao padre Reginaldo Veloso, falecido nessa quinta-feira (19) por complicações de um câncer na bexiga. O ex-pároco esteve à frente da paróquia de Nossa Senhora da Conceição, no Morro da Conceição, Zona Norte do Recife, durante 12 anos, entre 1978 e 1989.

A nota foi assinada pelo Vigário Geral Monsenhor Luciano José Rodrigues Brito. Ele está respondendo pela Arquidiocese na ausência de Dom Fernando Saburido, que está na Itália. Confira a homenagem:

"'Cai a tarde, vem a noite, a tristeza, o pranto, a dor; de manhã renasce o sol, novo dia, alegria'. Após um período de hospitalização, em que enfrentava a batalha contra o câncer, faleceu ontem, dia 19 de maio, José Reginaldo Veloso de Araújo. A Arquidiocese de Olinda e Recife vem expressar as mais sinceras condolências por sua morte à sua família e amigos.

Reginaldo Veloso foi presbítero na Arquidiocese de Olinda e Recife, onde exerceu seu ministério sacerdotal na Paróquia Santa Maria Mãe de Deus, no bairro da Macaxeira, e na Paróquia Nossa Senhora da Conceição, no Morro da Conceição. Muito contribuiu para o Setor de Música Litúrgica da CNBB com suas composições, muitas das quais cantadas nas celebrações litúrgicas em todo o Brasil.

Que seja concedido a Reginaldo Veloso cantar diante do Senhor Ressuscitado: Senhor, piedade, vem me socorrer! Minha dor e meu pranto mudaste em prazer; teu nome para sempre eu irei bendizer!"

Morte de Reginaldo Veloso

Reginaldo estava internado há mais de um mês na Unidade de Tratamento Intensivo de um hospital da capital pernambucana. O padre fazia tratamento de um câncer na bexiga, mas não resistiu. Ainda não há informações sobre o velório e o sepultamento do religioso.

O padre fazia tratamento de um câncer na bexiga, mas não resistiu. O velório será na Escola Padre João Barbosa, por trás da Santa. O horário ainda não foi confirmado pela família, que também não deu detalhes sobre o sepultamento.

Reginaldo Veloso era conhecido pela luta pelos mais pobres, e recentemente recebeu o título de cidadão pernambucano da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe). Ele era natural de São José da Lage, em Alagoas.

"Oficialmente não era mais padre, porque casou, mas ele continuava se considerando padre e por muitos assim era considerado. Uma tristeza", lamentou seu colega de militância, o jornalista Marcelo Mário de Melo, ao Blog de Jamildo. Reginaldo Veloso deixa a companheira e um filho.

Comentários

Últimas notícias