Cargo livre

Quem é Eduardo Pazuello, general cotado para assumir o Ministério da Saúde

Natural do Rio de Janeiro, o general foi indicado para o ministério pelo presidente Jair Bolsonaro

Gabriela Carvalho
Gabriela Carvalho
Publicado em 15/05/2020 às 14:59
Notícia
Reprodução
Eduardo Pazuello é secretário-executivo do Ministério da Saúde - FOTO: Reprodução
Leitura:

Após o anúncio da saída de Nelson Teich do Ministério da Saúde nesta sexta-feira (15), o nome do general Eduardo Pazuello começa a ser cotado para assumir a pasta. Ao contrário de Teich, Eduardo não é da área da saúde. 

Atualmente, Eduardo é o secretário executivo do Ministério da Saúde e chegou ao ministério para ser o braço direito do ministro Nelson Teich. O general já se colocou como favorável ao uso de cloroquina desde os primeiros sintomas, substância e tratamento defendidos por Bolsonaro.

>> As divergências que levaram Nelson Teich a pedir demissão

O general nasceu no Rio de Janeiro e formou-se na Academia Militar das Agulhas Negras, em 1984, como oficial de intendência.

>> Veja o que Nelson Teich conseguiu ou não implementar durante sua passagem pelo Ministério da Saúde

No Exército, Pazuello comandou o 20° Batalhão Logístico Paraquedista e foi Diretor do Depósito Central de Munição, ambos no Rio de Janeiro. Em 2014, foi promovido a General-de-Brigada e, em 2018, a General de Divisão. Antes de ir para o ministério, exercia o comando da 12ª Região Militar, em Manaus.

>> Veja repercussão dos políticos sobre o pedido de demissão do Ministro da Saúde, Nelson Teich

Entre os oficiais das Forças Armadas próximos a Bolsonaro, há torcida para que o general seja nomeado ministro em definitivo. Por enquanto, o governo o trata como interino. Outros nomes estão no páreo, como o da médica Nise Yamaguchi e o ex-ministro Osmar Terra.

Militares no governo

A possível ascensão de Pazuello demonstra a maior presença das Forças Armadas no governo de Bolsonaro. O general foi indicado pelo próprio presidente da República.

 Além do novo secretário, outros membros do governo são oriundos das Forças Armadas: Hamilton Mourão (vice-presidente), Braga Netto (ministro da Casa Civil), Fernando Azevedo e Silva (ministro da Defesa), Bento Albuquerque (ministro de Minas e Energia), Marcos Pontes (ministro de Ciência e Tecnologia), Jorge Oliveira (Secretário-Geral), Augusto Heleno (Gabinete de Segurança Institucional) e Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo).

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias