No interior de SP

Do pedalinho de Lula a Queiroz, Atibaia no centro da política nacional

Atibaia também é conhecida por ser a cidade dos morangos, das flores e dos negócios

JC
JC
Publicado em 18/06/2020 às 13:41
Notícia
DIVULGAÇÃO/PREFEITURA DE ATIBAIA
Atibaia fica no interior de São Paulo - FOTO: DIVULGAÇÃO/PREFEITURA DE ATIBAIA
Leitura:

Mais uma vez a "Terra do Morango" chama a atenção. Atibaia, que fica no interior de São Paulo, estampou manchetes do noticiário nacional por ser o local em que fica o sítio que levou Lula a uma de suas condenações. Agora, o município é palco da prisão de Fabrício Queiroz, ex-assessor e ex-motorista do senador Flávio Bolsonaro. Ele estava em um imóvel de Frederick Wassef, advogado da família Bolsonaro.

>> Veja as ligações de Fabrício Queiroz com a família Bolsonaro, segundo investigações

>> 'A verdade prevalecerá', diz Flávio Bolsonaro após prisão de ex-assessor Fabrício Queiroz

E não faltaram comparações e ironias nas redes sociais diante da prisão.

Morangos e flores

DIVULGAÇÃO/ PREFEITURA DE ATIBAIA
Atibaia é a terra do morando e das flores - DIVULGAÇÃO/ PREFEITURA DE ATIBAIA

No entanto, Atibaia vai além do cenário político e é conhecida por ser a cidade dos morangos, das flores e dos negócios. Distante a apenas 65 quilômetros da capital paulista, o município tem população estimada de 142.761 pessoas, segundo o IGBE. Em 2009, a cidade ganhou o reconhecimento por ter o segundo melhor clima do mundo, ficando atrás apenas de Davos, na Suíça. A escolha foi feita pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco).

O clima agradável, que gira em torno dos 19 graus e umidade relativa do ar de 80%, atrai turistas de todas as regiões do País. Inclusive, é realizada na cidade a tradicional Festa do Morango e das Flores, que acontece em setembro. Durante três finais de semana, cerca de 100 mil turistas visitam a festa e se deliciam nas tradicionais barraquinhas que oferecem a fruta in natura e uma variedade de doces como tortas, pavês, bolos e mousses. Em 2020, por conta da pandemia do novo coronavírus, a festa foi cancelada.

No quesito Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), Atibaia ocupa a posição 138 entre os 645 municípios de São Paulo, com pontuação de 0,765, considerada alta pela ONU. A Revista Exame divulgou um estudo neste ano que colocou Atibaia entre as 100 melhores cidades para se fazer negócios no país. O ranking foi elaborado pela consultoria Urban Systems e avaliou 309 municípios com mais de 100 mil habitantes. No estudo, são avaliados 28 indicadores em desenvolvimento social, capital humano, infraestrutura e desenvolvimento econômico. Esses aspectos são considerados pelo estudo como essenciais para a evolução dos negócios em uma cidade. 

Casos de polícia

Queiroz

Dono do imóvel em que Queiroz estava, o advogado Wassef disse em 2019 que não sabia o paradeiro de Fabrício Queiroz, e que não era advogado dele. O Ministério Público do Rio de Janeiro pediu a prisão de Queiroz porque considerou que o ex-assessor de Flávio Bolsonaro continuava cometendo crimes e estava fugindo e interferindo na coleta de provas. 

As investigações sobre Queiroz envolvem um relatório do antigo Coaf, que apontou operações bancárias suspeitas de 74 servidores e ex-servidores da Alerj. Recursos usados para pagar funcionários na Alerj voltavam para os próprios deputados estaduais. A movimentação atípica de R$ 1,2 milhão na conta de Queiroz ocorreu, segundo as investigações, entre janeiro de 2016 e janeiro de 2017, incluindo depósitos e saques.

Sítio de Atibaia

 

Reprodução
Imagens mostraram os equipamentos no sítio com nomes dos netos de Lula - Reprodução

A investigação contra Lula envolvendo o Sítio de Atibaia se deu em cima de um pagamento de propina de pelo menos R$ 128 milhões que teria sido feito pela Odebrecht e de outros R$ 27 milhões por parte da OAS. Segundo o MPF, o ex-presidente Lula foi beneficiado com parte desse dinheiro, por meio de obras realizadas no sítio Santa Bárbara. Nesse caso, o petista foi condenado na primeira instância pela juíza Gabriela Hardt, da 13ª Vara Federal de Curitiba. Em seguida, o Tribunal Regional Federal da 4ª Região manteve a condenação de 17 anos, 1 mês e 10 dias de prisão pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro.

Durante as investigações Lula admitiu que frequentava o sítio mas alegou, porém, que o local pertence a “amigos da família”. No entanto, dois pedalinhos em formato de cisne que ficam estacionados no lago do sítio foram fotografados e possuíam os nomes de dois netos do ex-presidente.

REPRODUÇÃO TV GLOBO
Queiroz não resistiu à prisão; Ele estava na casa de um advogado do senador Flávio Bolsonaro. - FOTO:REPRODUÇÃO TV GLOBO
DIVULGAÇÃO/ PREFEITURA DE ATIBAIA
Atibaia é a terra do morando e das flores - FOTO:DIVULGAÇÃO/ PREFEITURA DE ATIBAIA

O jornalismo profissional precisa do seu suporte.

Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias