Eleições 2020

"É Lula, é Arraes, é Marília Arraes", diz propaganda eleitoral de Marília

O uso do vermelho, do 13 e do ex-presidente Lula vem sendo mais explorado recentemente pela candidatura de Marília Arraes à Prefeitura do Recife

Luisa Farias
Luisa Farias
Publicado em 15/10/2020 às 0:31
Notícia

PH REINAUX/DIVULGAÇÃO
AFINADA Marília Arraes se reaproxima de eleitorado cativo do PT - FOTO: PH REINAUX/DIVULGAÇÃO
Leitura:

 

Arte: JC
Eleições 2020 - Arte: JC

"Meu coração é vermelho e fica do lado esquerdo do peito, e o ódio a gente enfrenta é junto com muito amor no coração", diz a candidata a prefeita do Recife Marília Arraes (PT) no início de um novo vídeo gravado para as redes sociais e para a propaganda de televisão. Em seguida, vem o ex-presidente Lula (PT): "Estou certo que Recife vai ter a primeira mulher prefeita de sua história e o nome dela é Marília Arraes", diz o petista. O vídeo finaliza com uma foto de Lula e outra do ex-presidente ao lado do ex-governador Miguel Arraes, avô de Marília, e com os dizeres: "É Lula, é Arraes, é Marília Arraes". 

Essa não é a primeira vez que Lula grava um vídeo em apoio à Marília. Outro semelhante à esse foi transmitido na convenção partidária que oficializou a candidatura da petista e também publicado nas redes sociais. Dentro da campanha, era avaliado o momento certo de utilizar a estratégia de mostrar os apoios para o eleitorado, principalmente no guia eleitoral. No seu primeiro guia, na última sexta-feira (9), ela exibiu uma foto abraçada com Lula por alguns segundos. 

>> Em guia, Marília Arraes promete retomar economia do Recife, abraça Lula e se diz preparada

>> Marília Arraes rebate críticas sobre ausência de defesa do PT: 'Uso vermelho quando eu quiser'

O uso do vermelho, do 13 e do ex-presidente Lula vem sendo mais explorado recentemente pela candidatura de Marília Arraes vem em um momento em que alguns petistas que apontam ausência dos símbolos do partido na sua campanha ensaiam uma dissidência para apoiar João Campos (PSB), ao mesmo tempo em que Marília e Humberto Costa (PT) fazem acenos de aproximação. 

>> Oscar Barreto oficializa nesta sexta dissidência no PT e apoio a João Campos (PSB)

A inauguração do comitê do candidato a vereador do Recife Henrique Costa (PT) na noite da última terça-feira (13) foi a segunda agenda em que Humberto e Marília se encontraram, uma movimentação que tem irritado a ala petista que foi contra a candidatura de Marília. No seu discurso na terça (13), Humberto só citou o nome de Marília no final, ao falar para o seu filho da importância de viabilizar apoios. "É importante que ele veja que todo apoio é importante, é necessário, e a gente precisa juntar, unir", disse. 

"Que (Henrique) seja também um vereador que contribua para que Marília possa fazer uma grande gestão como prefeita e que possa ter a lealdade e a fidelidade do nosso partido, que ela própria possa fazer uma grande gestão que esteja no nível daquelas que o PT já fez em Recife, que marcaram a nossa história e que a gente possa comemorar no dia 15 todos juntos uma grande vitória", afirmou Humberto. 

Já Marília ressaltou a origem da relação que estabeleceu com Humberto desde a época que o procurou quando decidiu se filiar ao PT, e disse estar "muito feliz de estar do mesmo lado de Humberto Costa". 

"Humberto, a gente está aqui nessa caminhada e a gente está junto porque, não tem dúvida, a gente tem muito mais convergência do que divergência, nos posicionamentos, nas ideias e no que a gente quer para a sociedade. E é muito importante para mim, para a minha história estar aqui ao lado de uma liderança como você", disse Marília. 

Filiado ao PSOL, mas anteriormente ao PT, o candidato a vice João Arnaldo teceu ainda mais elogios a Humberto no seu discurso. Ele colocou o senador como um símbolo da ocupação da esquerda nos espaços políticos. "Eu acho que eu diria, Humberto, aproveitando isso aqui sem ter combinado com ninguém, até ocupando mais do que o tempo que caberia aqui com o vice, mas é para falar na verdade do meu agradecimento de ter uma liderança como você no nosso campo servindo como farol para que outros jovens, ainda mais jovens do que Henrique, se animem de entrar na politica e fazer com que a gente possa mudar a realidade do nosso estado", afirmou João. 

Zerar fila de creches

Também no guia eleitoral desta quarta (14), Marília Arraes apresentou o Programa Florescer, uma das propostas do seu plano de governo, intitulado "Recife Cidade Inteligente", que propõe oferecer vagas nas creches para todas as crianças do Recife de 1 a 4 anos de idade. 

Queremos creches com atendimento integral com um turno de 12 horas e semi-integral com dois turnos de seis horas, aumentando a capacidade de atendimento de cada unidade", diz Marília no guia.

>> Dia das Crianças: Pauta dedicada à primeira infância deve ir além da construção de creches nestas eleições

A candidata vem defendendo a garantia de vagas nas creches não só para o desenvolvimento pedagógico das crianças, mas também para possibilitar o ingresso das mães no mercado de trabalho. "Com as crianças na creche, a gente vai dar uma atenção especial às mães. Vamos criar uma rede de capacitação profissional que vai preparar essas mulheres para o mercado de trabalho. Queremos crianças protegidas e mães trabalhando tranquilas", completou a petista. 

Mobilidade

Na manhã da quarta (14), a candidata cumpriu agenda na Estação Central, onde defendeu as suas propostas de redefinição da Política Municipal de Mobilidade e a criação do Observatório da Mobilidade, que vai servir para traçar um diagnóstico da mobilidade da Região Metropolitana do Recife (RMR). 

Marília voltou a criticar lógica de priorização do carro no trânsito da capital pernambucana, segundo ela, e vez do transporte público e não motorizado. "O Recife tem apenas 37 quilômetros de faixa azul, quando o previsto eram 108 quilômetros. Vamos adotar uma política de construção e manutenção da malha cicloviária com ciclorrotas que dialoguem com a necessidade das bicicletas", disse. 

Arte: JC
Eleições 2020 - FOTO:Arte: JC

Seja um assinante JC.

Assine o JC com planos a partir de R$ 1,90 e tenha acesso ilimitado a todo o conteúdo do jc.com.br, à edição digital do JC Impresso e ao JC Clube, nosso clube de vantagens e descontos que conta com dezenas de parceiros.

Assine o JC

Comentários

Últimas notícias