ELEIÇÕES 2020

Professor Lupércio (SD) é reeleito prefeito de Olinda

Lupércio disputou o primeiro turno com uma coligação de 11 partidos e conquistou 63,62% dos votos

JC
JC
Publicado em 15/11/2020 às 22:55
Notícia
DIVULGAÇÃO
DOBRADINHA Professor Lupércio e o vice, Márcio Botelho, comemoram a reeleição - FOTO: DIVULGAÇÃO
Leitura:

O atual prefeito Professor Lupércio (SD) foi reeleito e terá mais quatro anos à frente do poder executivo em Olinda. Com 100% das urnas apuradas, neste domingo (15), Lupércio totalizou 123.534 votos (63,62%). O vice-prefeito de Olinda também continuará sendo Márcio Botelho (SD).

"Graças a Deus deu tudo certo. Meu sentimento é de que concretizou o que a gente via na rua. Não tem termômetro melhor que a população. Quero conclamar a população para transformar a nossa cidade numa melhor cidade de se morar, quem sabe a melhor cidade do Brasil seja aqui em Olinda. Da nossa parte, não vai faltar esforço", declarou Lupércio.  

Em segundo lugar na disputa ficou o candidato João Paulo (PCdoB), com 45.289 votos válidos (23,32%). Celso Muniz (MDB) teve 11.694 votos (6,02%). Jorge Federal (PSL), (5.958 votos), 3,07%. 

Guto Santa Cruz (PDT) conseguiu 2.721 votos (1,40%). Já Armando Sérgio (Avante) chegou a 1.649 (0,85%). André Azevedo (DC) totalizou 1.477 votos (0,76%). Os demais candidatos não receberam 1% dos votos, cada. Tota do V-8 E V-9 recebeu 0,68% dos votos (1.318); Marcos Freire Junior, 0,22% (434 votos) e Marina Lima (PCO) - com candidatura sub judice - contabilizou 0,06%, ou seja, 112 votos.

Votos brancos somaram 13.190 (5,70%) em Olinda. Os votos nulos, 24.063 (10,40%). A abstenção foi de 18,21% (51.513). Os votos totais somaram 231.439. Já os votos válidos, 194.074.

Lupércio disputou o primeiro turno à frente da coligação “Olinda Segue em Frente com o Povo”, reunindo 11 legendas e 260 candidatas e candidatos à Câmara dos Vereadores. Além do próprio Solidariedade, apoiaram a candidatura de Lupércio o PSD, Cidadania, PL, Podemos, PSC, Republicanos, DEM, PSDB, PMB e Patriota.

Após o resultado, Lupércio falou à Rádio Jornal. Ele lembrou que foi acometido pela covid-19, mas disse que seu grupo não parou a campanha nos 14 dias em que ficou isolado. "Mesmo enfermo a eleição continuou, tivemos muitas pessoas tocando esse projeto da reeleição e graças a Deus continuamos. Agradecemos a forma hospitaleira e a receptividade da população e nos últimos 15 dias demos continuidade e deu certo. A rua é o termômetro da eleição e chamo a população para transformar a cidade em um melhor local para se morar e, quem sabe, teremos a melhor cidade do País", disse.

Questionado se terá novos secretários, Lupércio afirmou que será uma nova gestão, mas terá de ver caso a caso. "Temos pessoas competentes envolvidas que tem se doado, mas é nova gestão, veremos caso a caso", afirmou Lupércio.

Sobre as prioridades para o próximo mandato, o prefeito apontou a continuidade nas obras da Avenida Presidente Kennedy, a Antonio Costa Azevedo, além de obras em Sapucaia e Aguazinha, nas encostas e investir nos morros na cidade.

O Professor Lupércio tem 49 anos, lecionou Matemática e se formou em Direito pela Faculdade de Olinda (Focca). Na vida pública, foi eleito deputado estadual em 2014 e vereador de Olinda por dois mandatos, elegendo-se como o mais votado da cidade nas eleições de 2012.

Declaração de inelegibilidade

Em meio à reeleição, Professor Lupércio tem um pedido de inelegibilidade a ser julgado pelo Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE). O pedido foi feito pelo então adversário Jorge Federal (PSL), sendo parcialmente atendido pelo TSE. O ministro do TSE Sérgio Banhos atendeu o pedido, mas o remeteu ao TRE-PE para examinação dos "demais requisitos exigidos para caracterização da inelegibilidade". 

O pedido é embasado numa rejeição das contas de Lupércio, pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE-PE), na época em que o prefeito foi deputado estadual, e ainda assim o deferimento da candidatura do atual prefeito pelo TRE-PE. Lupércio já fez a devolução do valor integral das verbas consideradas irregulares, o que fez o TRE-PE não julgar as contas do prefeito irregulares. Mesmo assim, Jorge Federal entrou com recurso no TRE-PE (negado) e recorreu ao TSE. 

Arquimedes Santos/DIVULGAÇÃO
LUPÉRCIO VOTOU NESTA TARDE EM RIO DOCE - FOTO:Arquimedes Santos/DIVULGAÇÃO
Arquimedes Santos/DIVULGAÇÃO (Lupércio) Yacy Ribeiro/JC Imagem (João Paulo)
Lupércio (SD) e João Paulo (PCdoB) disputam 2º turno em Olinda - FOTO:Arquimedes Santos/DIVULGAÇÃO (Lupércio) Yacy Ribeiro/JC Imagem (João Paulo)
YACY RIBEIRO/JC IMAGEM
DISPUTA João Paulo ficou em segundo lugar na votação em Olinda, com 23% dos votos - FOTO:YACY RIBEIRO/JC IMAGEM

Comentários

Últimas notícias