ELEIÇÕES 2020

"O Recife não vai andar para trás", diz João Campos sobre enfrentar o PT no segundo turno

O candidato a prefeito pelo PSB agradeceu os mais de 233 mil votos que recebeu neste domingo (16) e considerou o resultado motivo de vitória

JC
JC
Publicado em 16/11/2020 às 1:57
Notícia

Felipe Ribeiro/JC Imagem
João Campos, candidato a prefeito do Recife, em coletiva de imprensa após resultado do primeiro turno da eleição - FOTO: Felipe Ribeiro/JC Imagem
Leitura:

 

Arte: JC
Resultados das Eleições 2020 - Arte: JC

Recepcionado pela militância sob os gritos de “o povo quer, ninguém segura. João Campos na prefeitura”, o candidato a prefeito do Recife, o deputado federal João Campos (PSB) agradeceu os mais de 233 mil votos (29,17), recebidos neste domingo (16). Em pronunciamento, concedido no Recife Praia Hotel, localizado no bairro do Pina, logo após a confirmação do segundo turno contra a candidata do PT, a deputada federal Marília Arraes (27,95), o socialista afirmou que resultado não deixava de ser uma prova de vitória.

>>João Campos (PSB) e Marília Arraes (PT) disputam segundo turno pela Prefeitura do Recife

>> Votação de João Campos hoje é que vai definir qual será o tom do segundo turno. Pode ser bem pesado

>> Veja em quais cidades de Pernambuco já se sabe o resultado da Eleição 2020

Era por volta das 23h, quando João Campos desceu do oitavo andar, onde acompanhava a apuração das urnas, acompanhado pela candidata a vice-prefeita, Isabella de Roldão (PDT), e uma comitiva formada por secretários estaduais, municipais e outras lideranças do PSB. “Fizemos uma campanha que crescia a cada dia. Andamos os quatro cantos da cidade do Recife, ouvindo as pessoas, respeitando os adversários, podendo reconhecer avanços e os problemas ainda a serem vencidos”, declarou Campos, ao lado do prefeito do Recife Geraldo Julio e do governador Paulo Câmara (ambos do PSB).

Apesar de ter adotado um tom mais propositivo, sem ataques aos seus adversários, o tom adotado nesta nova fase da campanha já demonstra que será mais crítico. No discurso, João Campos cravou que “o Recife não vai andar para trás”, em referência aos anos que a capital pernambucana foi governada pelo Partido dos Trabalhadores. 

“Ninguém falou de futuro e apresentou mais caminhos para gente avançar nessa eleição do que a nossa candidatura. O Recife conhece sim o que o PT e suas arengas fizeram em nossa cidade, e ele não vai retroceder”, disparou sendo aplaudido pela militância no local, e por aliados como o deputado federal e presidente do MDB em Pernambuco, Raul Henry, o presidente estadual do Republicanos, o deputado federal Sílvio Costa Filho, e o presidente estadual do PSD, o deputado federal André de Paula, que também estiveram presentes durante o pronunciamento.

Nesta segunda-feira (17), o candidato a prefeito afirmou que irá se reunir com os representantes da Frente Popular do Recife, formada por 12 partidos (PSB, MDB, Republicanos, PP, PDT, PV, Rede, PCdoB, PSD, PROS, Avante e Solidariedade), para traçar as diretrizes para o segundo turno. Com a divisão no espectro da esquerda diante de duas candidatura do mesmo campo, o foco é conquistar os indecisos e os eleitores que optaram por outros candidatos.

“Agradeço também quem participou do processo eleitoral, para você, que eventualmente não pode terem votado na gente nesse primeiro turno, mas fez a escolha de participar da democracia e exerceu o seu direito de votar e apontar um caminho, fazer uma escolha”, afirmou João Campos, que também estava acompanhado da deputada federal por São Paulo, a deputada Tabata Amaral, sua namorada, e da sua mãe, Renata Campos. “Agradecer quem participou do processo e nos trouxe até aqui”, completou.

De acordo com João Campos, a campanha do porta a porta será iniciada a partir das 17h, horário permitido pela Justiça Eleitoral para que a corrida pelo segundo turno seja iniciada. “Nós vamos andar por todas as ruas do Recife, ouvindo as pessoas, se apresentando para vencer os desafios junto com ela, porque a gente faz política juntando, agregando.”, declarou.

Sobre a possibilidade de receber apoio de outros candidatos e partidos nesta fase, o presidente estadual do PSB, Sileno Guedes, afirmou que o prefeiturável e a legenda socialista estão dispostos para dialogar. “Só são 13 dias de campanha, e a gente está aberto. João está ouvindo todas as pessoas e quem quiser conversar, quem tiver disposição de conversar”, declarou.

Com relação ao segundo turno, Sileno pontuou que essa era uma hipótese estavam sendo trabalhada desde o início da campanha, mas que a estratégia de conversar com as pessoas e apresentar propostas, continuará como foco.

“Agora a gente vai fazer uma campanha ouvindo mais as pessoas, inclusive aquelas que não fizeram a opção de votar conosco no primeiro turno, para poder demonstrar o que a gente está apresentando para a cidade do Recife e para poder demonstrar também o que pode representar uma eleição do PT aqui no Recife. Então, a gente vai conversar com as pessoas, nós temos o melhor candidato, as melhores propostas e a gente tem certeza que assim como no primeiro turno, a gente vai ganhar no segundo turno”, afirmou Guedes.

Não é a primeira vez que o PSB enfrenta o PT nas urnas, nas eleições de 2012 e 2016, os socialistas levaram a melhor. “E vamos ganhar novamente, porque o Recife conhece, já viveu a experiência de ser governado pelo PT e está vivendo a experiência das inovações que o PSB trouxe e os grandes desafios que João está se propondo a partir de 2021. A gente não vê nenhuma novidade ou nenhum cuidado maior por conta disso”, assegurou.

Felipe Ribeiro/JC Imagem
João Campos, candidato a prefeito do Recife, em coletiva de imprensa após resultado do primeiro turno da eleição - Felipe Ribeiro/JC Imagem
Felipe Ribeiro/JC Imagem
João Campos, candidato a prefeito do Recife, em coletiva de imprensa após resultado do primeiro turno da eleição - Felipe Ribeiro/JC Imagem
Felipe Ribeiro/JC Imagem
João Campos, candidato a prefeito do Recife, em coletiva de imprensa após resultado do primeiro turno da eleição - Felipe Ribeiro/JC Imagem
FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
Coletiva de imprensa do candidato a prefeito João Campos no Praia Hotel - FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
Coletiva de imprensa do candidato a prefeito João Campos no Praia Hotel - FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
Coletiva de imprensa do candidato a prefeito João Campos no Praia Hotel (Geraldo Julio) - FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
Coletiva de imprensa do candidato a prefeito João Campos no Praia Hotel (Paulo Câmara) - FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
 

Seja um assinante JC.

Assine o JC com planos a partir de R$ 1,90 e tenha acesso ilimitado a todo o conteúdo do jc.com.br, à edição digital do JC Impresso e ao JC Clube, nosso clube de vantagens e descontos que conta com dezenas de parceiros.

Assine o JC

Comentários

Últimas notícias