PARLAMENTO

Novo presidente da Câmara do Recife, Romerinho Jatobá quer modernizar a Casa e deixar sua marca

Com a modernização dos serviços da Câmara, o novo presidente busca otimizar o uso de recursos públicos pelo Parlamento

Marcelo Aprígio
Marcelo Aprígio
Publicado em 13/01/2021 às 14:36
Notícia

YACY RIBEIRO/JC IMAGEM
PSB Em visita ao SJCC, Romerinho disse que oposição ainda tem o desafio de se unir na Câmara do Recife - FOTO: YACY RIBEIRO/JC IMAGEM
Leitura:

Novo presidente da Câmara de Vereadores do Recife, Romerinho Jatobá (PSB), eleito para o posto no primeiro dia do ano, estabeleceu como meta fundamental de sua gestão a modernização do Poder Legislativo municipal. Com isso, ele pretende imprimir um ritmo de trabalho mais intenso na Casa e aproximá-la da população.

» Romerinho Jatobá é eleito presidente da Câmara do Recife para o biênio 2021-2022

“Temos a modernização da Câmara como algo fundamental. Inclusive porque há uma questão geracional que nos impulsiona a implementar esse ritmo mais intenso de trabalho e modernização. A Casa ainda tem algumas coisas que precisam ser atualizadas. Acredito que essa será a grande marca da gente”, afirma Romerinho.

“É o ambiente que vivemos hoje que pede isso. Assim, aceleramos alguns processos e modernizamos outros. Isso é natural, principalmente porque nossa geração tem uma tendência à modernização. Vamos implementar isso na Câmara, trazendo ela para mais perto do recifense”, completa o socialista, lembrando que atualmente nomes mais jovens ocupam os postos de maior destaque na Casa, como o primeiro-secretário, Eriberto Rafael (PP), o líder do governo, Samuel Salazar (MDB), e o líder da oposição, Renato Antunes (PSC).

Com a modernização dos serviços da Câmara, o novo presidente busca otimizar o uso de recursos públicos pelo Parlamento, mas afirma que os vereadores já têm promovidos economias significantes e explica que os custos da Casa não se concentram apenas nos 39 parlamentares, mas em despesas de custeio de pessoal e manutenção. “Temos tomado medidas efetivas de economia, principalmente agora durante a pandemia, e vamos continuar otimizando esses gastos como sempre fizemos e sendo muito transparentes com a população.”

» Custo dos vereadores do Recife é maior que gasto com saúde, educação e saneamento em Moreno, na Região Metropolitana

» Veja quanto cada vereador do Recife custa ao seu bolso

Independência da Câmara

Apesar de ser aliado do prefeito do Recife, João Campos (PSB), o vereador garante que a Casa de José Mariano continuará independente e rechaça a ideia de que os parlamentares tenham sido subservientes às administrações da prefeitura nos últimos anos.

“Essa relação de subserviência que algumas pessoas apontam deve ter relação com visões pontuais. Porque essa não é a posição da Câmara perante a prefeitura. Na minha gestão, mesmo eu sendo do mesmo partido do prefeito e de ter muito orgulho de fazer parte do mesmo time, a Casa continuará como poder independente. Precisamos ter essa independência”, frisa Jatobá, afirmando que em certas ocasiões os interesses do Legislativo e Executivo se encontram para aprovar projetos em benefício da sociedade.

“Sempre que chega um projeto da prefeitura na Câmara, os vereadores debatem, discutem, muitas vezes acrescentam sugestões e melhoram o projeto. Esse é o papel do Poder Legislativo”, diz o parlamentar, ressaltando a importância dos vereadores situação e oposição para isso. No entanto, Romerinho acredita que, enquanto a base do prefeito João Campos chega unida para esta legislatura, os oposicionistas ainda precisam promover ajustes internos, dada a divisão ideológica entre eles.

“A bancada de oposição na Casa cresceu nesta legislatura. É notório. Mas acredito que eles enfrentarão uma situação atípica. Isso porque temos basicamente duas oposições, uma mais à direita, outra mais à esquerda. Não sei onde elas vão se unir, se, de fato, se unirem. Mas com certeza teremos debates e discussões interessantes na Câmara, que é a casa das opiniões e das divergências capazes de trazer novas ideias e propostas”, pontua.

Em 2020, ambos os lados políticos receberam reforço. No campo de esquerda, o PSOL ganhou a participação da vereadora Dani Portella, eleita como a vereadora mais votada da capital pernambucana. Já no campo da direita, o vereador e pastor evangélico, Júnior Tércio (Podemos) terminou a disputa em terceiro lugar.

Presidente mais jovem da história da Câmara, Romerinho Jatobá (PSB) pretende ainda atrair a juventude para a política, abrindo espaços dentro do Legislativo recifense para que os jovens conheçam o funcionamento da Casa e criem o interesse por acompanhar a atuação dos vereadores.

“Vamos retomar o Parlamento Jovem, um projeto da Casa para atrair esse grupo social para a política. Importante frisar, que alguns começaram no Parlamento Jovem e depois tornaram-se vereadores, como Renato Antunes e o hoje deputado federal Silvio Costa Filho. Esse é um projeto de fundamental importância que será retomado pela nossa gestão”, promete Romerinho.

O movimento capitaneado pelo socialista ocorre após, entre todas as faixas etárias, os eleitores de 17 a 24 anos apresentarem aumento da abstenção de 6 a 12 pontos percentuais no comparativo com 2016. Cerca de 20% dos eleitores com 17 anos deixaram de votar neste em 2020 contra 13,5% da eleição anterior O índice da abstenção passou de 24% entre aqueles com idade entre 21 e 24 anos. Em 2016, foi menor que 18%.

Visita institucional

Em uma visita institucional, nesta quarta-feira (13), ao Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC), onde foi recebido pelo diretor diretor de redação do JC, Laurindo Ferreira, e pela diretora de Jornalismo da TV e Rádio Jornal, Mônica Carvalho, o presidente da Câmara do Recife, Romerinho Jatobá, afirmou que deve intensificar parcerias e fortalecer o diálogo com instituições públicas e com a sociedade civil. Nesta linha, o socialista já se reuniu com o presidente do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (TCE-PE), Dirceu Rodolfo, e, em breve, deve visitar o Ministério Público de Pernambuco (MPPE).

“A Câmara precisa estar próxima das instituições que querem o bem do Recife. Não pode haver distância com o TCE, por exemplo. Esse é o nosso papel. Temos feito essas visitas e esperamos que nos próximos dois anos essa relação continue amigável e favorável para o bem da nossa cidade.”

YACY RIBEIRO/JC IMAGEM
O presidente da Câmara do Recife, Romerinho Jatobá (PSB), em visita institucional, nesta quarta-feira (13), ao Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC) - FOTO:YACY RIBEIRO/JC IMAGEM
YACY RIBEIRO/JC IMAGEM
O presidente da Câmara do Recife, Romerinho Jatobá (PSB), em visita institucional, nesta quarta-feira (13), ao Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC) - FOTO:YACY RIBEIRO/JC IMAGEM
YACY RIBEIRO/JC IMAGEM
O presidente da Câmara do Recife, Romerinho Jatobá (PSB), em visita institucional, nesta quarta-feira (13), ao Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC) - FOTO:YACY RIBEIRO/JC IMAGEM
YACY RIBEIRO/JC IMAGEM
O presidente da Câmara do Recife, Romerinho Jatobá (PSB), em visita institucional, nesta quarta-feira (13), ao Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC) - FOTO:YACY RIBEIRO/JC IMAGEM
YACY RIBEIRO/JC IMAGEM
O presidente da Câmara do Recife, Romerinho Jatobá (PSB), em visita institucional, nesta quarta-feira (13), ao Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC) - FOTO:YACY RIBEIRO/JC IMAGEM
YACY RIBEIRO/ JC IMAGEM
Romerinho pretende imprimir um ritmo de trabalho mais intenso na Casa e aproximá-la da população - FOTO:YACY RIBEIRO/ JC IMAGEM

Comentários

Últimas notícias