PANDEMIA

CPI da covid-19 tentará ouvir Pazuello, Mandetta e Teich, diz Humberto Costa

Único pernambucano na CPI da covid-19 no Senado Federal, Humberto diz que investigação também olhará para Manaus

Paulo Veras
Paulo Veras
Publicado em 04/02/2021 às 17:40
Notícia
Foto: HENRY MILLEO / AFP
O senador Humberto Costa (PT) - FOTO: Foto: HENRY MILLEO / AFP
Leitura:

Único pernambucano a integrar a CPI da covid-19 no Senado Federal, o senador Humberto Costa (PT) disse ao JC que o colegiado, quando instalado, deve chamar para serem ouvidos o atual ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, e os seus dois antecessores, Luiz Henrique Mandetta e Nelson Teich.

"Essa CPI tem que fazer uma investigação séria e apurar a responsabilidade em todos os níveis e em todos os poderes para termos chegado a essa situação de quase 230 mil mortes e de atraso na vacinação", afirmou o petista. "Naturalmente e inevitavelmente, vamos ouvir o ministro da Saúde, porque ele tem uma responsabilidade direta por tudo o que tem ocorrido. Também devemos convidar os ex-ministros, que estavam no cargo desde o começo da pandemia, para que eles façam uma avaliação desse período", indicou o pernambucano.

Na frente mais local, Humberto disse que os senadores também irão investigar o desenrolar da doença em estados onde a tragédia foi maior, "notadamente o Amazonas". Em Manaus, a falta de oxigênio levou a morte de diversos pacientes nas últimas semanas.

A CPI

O pedido de criação da CPI foi protocolado nesta quinta-feira (4) pelo senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP). Ele conseguiu 30 assinaturas físicas e virtuais. Eram necessárias 27 para abertura da CPI. O colegiado, agora, depende da instalação pelo novo presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG).

Além de Humberto e Randolfe, serão titulares da CPI os senadores Jean Paul Prates (PT-RN), Alessandro Vieira (Cidadania-SE), Jorge Kajuru (Cidadania-GO), Fabiano Contarato (Rede-ES), Alvaro Dias (Podemos-PR), Mara Gabrilli (PSDB-SP), Plínio Valério (PSDB-AM), Reguffe (Podemos-DF), Leila Barros (PSB-DF), Cid Gomes (PDT-CE), Eliziane Gama (Cidadania-MA), Major Olimpio (PSL-SP) e Omar Aziz (PSD-AM).

Comentários

Últimas notícias