2022

De olho em 2022, PSB aposta em vitrine para Geraldo Julio

O PSB de Pernambuco divulgou um balanço das ações realizadas entre 2013 e 2020, na área de segurança pública, que resultaram na redução de 33,06% nos casos de homicídio no Recife

Mirella Araújo
Mirella Araújo
Publicado em 11/02/2021 às 20:13
Notícia

DIVULGAÇÃO
Geraldo Julio tem sido apontado como um nome forte do PSB para disputar o Governo do Estado em 2022 - FOTO: DIVULGAÇÃO
Leitura:

Cotado como o principal nome do PSB para disputar o Governo do Estado em 2022, o ex-prefeito do Recife e atual secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Geraldo Julio, teve suas ações na área de segurança pública no âmbito municipal defendidas pelo partido. Os dados apresentados pela sigla socialista, apontam para iniciativas implementadas entre 2013 e 2020, que resultaram na redução de 33,06% no casos de homicídios registrados na capital.

O PSB de Pernambuco relembrou, através de nota, que foi na gestão de Geraldo Julio que a Secretaria de Segurança Pública foi criada, em 2013, assim como a implantação de quatro Centros Comunitários da Paz (Compaz), reconhecido como o melhor projeto de redução de desigualdade social do Brasil pela Oxfam Brasil – entidade que atua em cerca de 90 países – e Programa Cidades Sustentáveis.

>>Irmã do prefeito João Campos é nomeada para cargo na direção executiva de estatal do Governo do Estado

>>Mendonça Filho cobra posição de Geraldo Julio sobre indiciamento de ex-secretário de Saúde do Recife

>> Ex-secretário de Saúde do Recife e mais três são indiciados pela Polícia Federal

“O combate à violência é algo que sempre esteve no radar do nosso partido, a exemplo do Pacto pela Vida, em 2007, que inclusive contou com a participação do ex-prefeito Geraldo Julio. Na Prefeitura, Geraldo assume essa responsabilidade também no âmbito municipal, atuando na prevenção e promovendo inovações que contribuem com a redução de homicídios e que são verificadas em números reais, no dia a dia da população. São exemplos reconhecidos e que devem nortear as gestões socialistas”, declarou o presidente estadual do PSB, Sileno Guedes.

Um dia após encerrar o mandato de oito anos à frente da Prefeitura do Recife, Geraldo Julio foi nomeado pelo governador Paulo Câmara (PSB), para a Secretaria de Desenvolvimento Econômico. Nos bastidores, a ideia de trazer o socialista para a administração estadual seria para criar uma espécie de vitrine e tornar o ex-prefeito mais conhecido em outras regiões do Estado. Vale lembrar que quando foi apresentado como candidato a prefeito do Recife, em 2012, pelo ex-governador Eduardo Campos, o mote da campanha ficou conhecido como “Geraldo que fez”.

Ao falar com a reportagem do JC, Sileno desvinculou a divulgação do balanço das ações do ex-prefeito do Recife na área da segurança pública, com o projeto eleitoral do partido para as eleições de 2022. “Esse é o resultado do trabalho feito por Geraldo Julio à frente da Prefeitura do Recife na questão da prevenção à violência, que divulgamos agora porque os números da Secretaria de Defesa Social em relação a 2020 precisaram ser consolidados”, explicou. “Isso não tem a ver com 2022. Em 2022 trataremos de 2022.”, finalizou o dirigente.

Na nota do partido, Geraldo destacou o papel da prefeitura na redução da criminalidade. "Esse papel se dá na prevenção. E foi o que fizemos. Os Compaz dão oportunidade aos nossos jovens com biblioteca, esportes, tecnologia, além de serviços e atividades para toda a família. Também investimos muito forte na Guarda Municipal, que é a mais antiga do Brasil, além da iluminação pública, com quase 100% do parque de iluminação da cidade em LED, e transformação de espaços públicos", explicou.

Em suas redes sociais, após retornar do período de férias, Geraldo tem compartilhado suas reuniões à frente da Secretaria de Desenvolvimento Econômico. Nesta quinta-feira (11), ele se encontrou com representantes do ICLEI (Governos Locais pela Sustentabilidade), do qual é presidente para a América do Sul. “Junto com a equipe de Suape, mostramos os ativos ambientais do Porto, que tem 60% dos seus 13,5 mil hectares destinados a área de preservação ambiental. Dessa reunião, vamos desdobrar parcerias que vão tornar o complexo portuário ainda mais sustentável”, publicou.

Ele também relembrou de ações realizadas quando assumiu anteriormente a pasta, antes de disputar a prefeitura do Recife pela primeira vez. “Tive a oportunidade de aumentar a área de preservação e dar inicio a construção da sede administrativa do Porto, que foi o primeiro prédio do N/NE a receber o selo LEED Gold de padrão internacional de sustentabilidade”, completou.

Comentários

Últimas notícias