POSICIONAMENTO

Eduardo Bolsonaro publica ilustração do Zé Gotinha com uma seringa no formato de fuzil

"Nossa arma agora é a vacina!", escreveu o deputado federal na publicação original. Em seguida, ele publicou novamente e retirou o "agora"

JC
JC
Publicado em 12/03/2021 às 22:42
Notícia
REPRODUÇÃO/REDES SOCIAIS
O personagem aparece com uma bandeira do Brasil como símbolo de uma capa de super herói - FOTO: REPRODUÇÃO/REDES SOCIAIS
Leitura:

O filho do presidente da República e deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) usou as redes sociais nesta sexta-feira (12) para publicar uma ilustração do personagem Zé Gotinha, criado para as campanhas de vacinação no Brasil, com uma bandeira do País nas costas, para representar um herói, e um fuzil em forma de seringa.

"Nossa arma é a vacina!", escreveu o parlamentar. No entanto, anteriormente, Eduardo Bolsonaro postou: "nossa arma agora é a vacina!".

A publicação foi feita após a coletiva do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que defendeu a imunização e criticou o posicionamento do governo Bolsonaro diante da pandemia do novo coronavírus. Depois do discurso de Lula, o governo mudou a postura em relação à crise sanitária mundial. 

Anteriormente, na quarta-feira (10), o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), chegou a postar, no Telegram, um pedido para que as pessoas compartilhassem a mesma mensagem e depois publicou em seu Twitter a frase com a foto do presidente. "Vacina para gerar empregos. Nos próximos dois meses vacinaremos dezenas de milhões de brasileiros", disse. 

Em resposta ao novo posicionamento do governo, o criador do Zé Gotinha, o artista plástico Darlan Rosa, de 74 anos, afirmou que "não há nada de educativa numa arma". "É tudo o que eu não penso. Ele foi concebido como personagem educativo", comentou. O artista plástico pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) em 1986 para a campanha de erradicação da poliomielite.

"Não se educa pela violência e pela imposição. A educação é pelo exemplo. E esse aí com a arma é péssimo", completou.

Políticos da oposição também se manifestaram. "O print é eterno, Bananinha. Não adianta apagar a confissão de que vocês estão há meses boicotando a vacinação e só agora, por desespero, estão correndo atrás do prejuízo", escreveu o deputado federal Marcelo Freixo (PSOL-RJ).

"Crianças nunca precisaram tomar vacina vendo o Zé Gotinha com um fuzil", disse o deputado federal (PSOL-RJ).

REPRODUÇÃO/REDES SOCIAIS
O personagem aparece com uma bandeira do Brasil como símbolo de uma capa de super herói - FOTO:REPRODUÇÃO/REDES SOCIAIS

Comentários

Últimas notícias