Eleições 2022

No Recife, Miguel Coelho retoma a costura de alianças para sua possível candidatura ao Governo de Pernambuco

Desde a última terça-feira (18), o emedebista tem circulado por várias cidades da Região Metropolitana e Zona da Mata para encontro com lideranças e deve retornar nesta quinta (20) a Petrolina

Renata Monteiro
Renata Monteiro
Publicado em 20/05/2021 às 17:04
Notícia
DIVULGAÇÃO/PREFEITURA DE PETROLINA
Na última quarta-feira (19), Miguel Coelho se encontrou com a delegada Patrícia Domingos - FOTO: DIVULGAÇÃO/PREFEITURA DE PETROLINA
Leitura:

O prefeito de Petrolina, Miguel Coelho (MDB), esteve no Recife nesta semana para mais uma rodada de conversas com lideranças do Estado para tratar sobre o cenário político pernambucano e sobre a eleição de 2022. Desde a última terça-feira (18), o emedebista tem circulado por várias cidades da Região Metropolitana e Zona da Mata e deve retornar nesta quinta a Petrolina.

Hoje, Miguel esteve nas cidades de Abreu e Lima, no Grande Recife, e Paudalho, na Mata Norte, para encontros com os prefeitos Flávio Gadelha (PSL) e Marcelo Gouveia (PSD). De acordo com o sertanejo, as reuniões ocorreram para possibilitar uma troca de experiências e de perspectivas futuras entre os gestores.

>> 'Ele falou que tem o projeto de disputar a eleição majoritária em 2022', diz Raul Henry sobre reunião com Miguel Coelho

>> Miguel Coelho: "A oposição ganhou em quase 80% dos grandes colégios eleitorais de Pernambuco"

>> Miguel Coelho, sobre encontro com Wolney: "PDT e MDB não vão coligar com o PT. Já é uma sinergia"

>> Miguel Coelho sobre Bolsonaro: "Quem fica preso a ideia única é doido"

 

>> Miguel Coelho recebe Eduardo Bolsonaro em Petrolina

>> Em busca de união para 2022, famílias Coelho e Ferreira se encontram em Brasília

"As necessidades e os desafios se espalham pelo nosso estado, mas acredito ser possível trabalhar por cada um deles partindo do diálogo, pensando juntos soluções que resolvam os problemas na infraestrutura, mobilidade, estimulem a geração de empregos e criem oportunidades para melhorar da qualidade de vida de todos, discutindo o nosso futuro e unindo as pessoas por um novo Pernambuco", afirmou Miguel em um post no seu perfil no Instagram.

Na quarta-feira (19), o prefeito reuniu-se com a delegada Patrícia Domingos (Pode) e com o deputado estadual Alberto Feitosa (PSC), que disputaram a Prefeitura do Recife em 2020, e com o ex-deputado federal Maurício Rands (PROS), que foi candidato ao Governo do Estado em 2018. Com eles, Miguel defendeu discussões para a renovação dos projetos políticos para Pernambuco e uma agenda para o pós-pandemia nos municípios.

"Pernambuco é o estado que faz menos investimento público no Nordeste, vive uma situação de desemprego crescente, crise de abastecimento e caos na infraestrutura, com estradas destruídas. É preciso discutir tudo isso e a pandemia. Por isso, tenho ouvido lideranças como Feitosa, Rands e a delegada Patrícia. É fundamental apontar soluções para reconstruir nosso Estado nesse momento que clama por união e coragem", declarou o gestor, por nota.

 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Miguel Coelho (@miguelcoelhope)

Em seu primeiro dia na capital pernambucana, terça (18), Miguel esteve com o deputado federal Ricardo Teobaldo (Podemos), o estadual Joel da Harpa (PP) e o vereador Marlus Costa (PL), de Jaboatão dos Guararapes. Segundo a equipe do emedebista, na reunião com Teobaldo "Miguel Coelho destacou a disposição do parlamentar de seguir caminhando com as oposições bem como a sinergia de pensamentos em torno da união rumo a 2022".

"Nosso esforço será sempre no sentido de unir todas as forças", frisou Miguel, que tenta se viabilizar como nome do grupo para a disputa de 2022 em Pernambuco. Para atingir esse objetivo no MDB, porém, ele precisa convencer a ala jarbista do partido, que resiste em desembarcar da Frente Popular para lançar uma postulação própria no pleito do próximo ano.

 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Miguel Coelho (@miguelcoelhope)

Comentários

Últimas notícias