Eleições

''Não estamos numa brincadeira'', diz líder do MBL sobre candidatura de Danilo Gentili a presidente em 2022

O nome do humorista esteve entre os assuntos mais comentados depois que ele afirmou: ''Logo estarei na cadeira presidencial''

JC
JC
Publicado em 24/05/2021 às 11:28
SBT/Divulgação
Gentili é humorista e apresentador - FOTO: SBT/Divulgação
Leitura:

Com pesquisas apontando para uma polarização entre Jair Bolsonaro (sem partido) e Luiz Inácio Lula da Silva (PT) em 2022, há quem busque uma terceira via, um nome com chances de ir ao segundo turno contra o militar ou contra o petista. 

Entre os diversos nomes postos para ser o "candidato do centro"  estão figuras tradicionais da política como Ciro Gomes(PDT) e Tasso Jereissati (PSDB) e de novos atores políticos como o jovem governador Eduardo Leite (PSDB).

>> 'Maior doadora de leite do Brasil' ganha processo contra Danilo Gentili

>> Justiça anula condenação de Danilo Gentili por injúria contra Maria do Rosário

>> De olho em 2022, Lula encontra Fernando Henrique Cardoso e fala em ''descaso'' do governo Bolsonaro

>> Pesquisa mostra que maioria dos brasileiros não quer votar em Bolsonaro nem em Lula nas eleições de 2022

Há quem defenda candidaturas de pessoas que não possuem carreira política, como o apresentador Luciano Huck e, mais recentemente, o também apresentador e humorista Danilo Gentili.

Coordenador do Movimento Brasil Livre (MBL), Renan Santos disse à Gazeta do Povo que Danilo pode ser uma alternativa competitiva de "terceira via" e disse ser real a possibilidade de Gentili se candidatar à Presidência da República.

"A gente não ia jogar a credibilidade nossa, o projeto no lixo para falar: 'Ah, eles estão numa brincadeira'. Não estamos numa brincadeira", declarou. O nome de Gentili começou a ser cogitado como alternativa após o MBL pedir a inclusão do apresentador de TV como opção em uma pesquisa eleitoral.

Na pesquisa, o humorista apareceu empatado com Luciano Huck, João Doria (PSDB) e o ex-ministro da Saúde Henrique Mandetta. Todos apresentaram 4% das intenções de voto no levantamento do Institutos de Pesquisa e Estratégia (IPE) feito a pedido do MBL.

O nome de Danilo Gentili esteve entre os assuntos mais comentados da internet no sábado, 22. A movimentação iniciou assim que ele decidiu usar as redes sociais para se pronunciar sobre a possibilidade de concorrer à Presidência da República nas eleições de 2022.

“Estou nos trends porque sabem que logo estarei na cadeira presidencial”, disparou em uma das publicações. Além disso, Gentili também usou as redes sociais para convocar uma reunião com o ex-ministro Sergio Moro e com João Amoêdo, fundador do partido Novo. “Tudo em minha campanha será transparente e nossas reuniões serão públicas”, completou o apresentador.

Após a publicação, João Amoêdo, que é cotado para ser o candidato pelo Novo respondeu. "Pra ontem", escreveu ele sobre a reunião com Gentili e Moro.

Crítico ao PT, Danilo também vem fazendo críticas ao governo Jair Bolsonaro e compartilhando publicações de João Amoêdo, criticando o general Eduardo Pazuello, ex-ministro da Saúde e aliado de Bolsonaro. "É inaceitável que Pazuello, como general da ativa, suba em palanque para apoiar o presidente ou qualquer político. Além de ferir o Regulamento Disciplinar do Exército, mistura indevidamente as Forças Armadas e a política, criando mais uma crise institucional. Precisa ser punido", escreveu Amoêdo em publicação compartilhada por Gentili.

Comentários

Últimas notícias