Ato

Bandeiras e cartazes de ato contra Bolsonaro no Recife pedem saída do presidente e vacina contra a covid-19

Há várias bandeiras dos partidos e movimentos sociais que convocaram os atos, como o Psol, UP, CUT-PE, CSP Conlutas, MST, MLB e UESPE

JC
JC
Publicado em 19/06/2021 às 11:30
Notícia
Filipe Jordão/JC Imagem
Um grupo do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) empunham objetos que remetem ao formato de seringas, cada um com uma frase diferente - FOTO: Filipe Jordão/JC Imagem
Leitura:

Atualizada às 12h50

No ato contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) realizado na manhã deste sábado (19) os manifestantes expressaram os seus pleitos por meio de bandeiras e cartazes. Por volta das 10h15, os manifestantes saíram da concentração na Praça do Derby, área central da capital pernambucana e passaram pela Avenida Conde da Boa Vista com direção à Avenida Guararapes. 

Há várias bandeiras dos partidos e movimentos sociais que convocaram os atos, como o Psol, do partido Unidade Popular (UP), da Central Única dos Trabalhadores de Pernambuco (CUT-PE), da Central Sindical e Popular (CSP) Conlutas, Movimento dos Trabalhadores Sem Terra, Movimento de Luta nos Bairros, Vilas e Favelas (MLB), União dos Estudantes Secundaristas de Pernambuco (UESPE).

Também foram vista bandeiras do Brasil, tradicionalmente utilizadas nos atos a favor do presidente em Boa Viagem. 

Já os cartazes diziam "Vacina para Todos", "Fora Bolsonaro", "Nunca foi uma gripezinha", "Genocida", "Povo na rua", "O SUS salva vidas", "Testagem em massa e vacina para todo pelo SUS", "Ninguém aguenta mais Bolsonaro e seus generais", "O povo tem fome e Bolsonaro gastou R$ 90 milhões em remédios ineficazes. 

Filipe Jordão/JC Imagem
Ato no Recife contra o presidente Jair Bolsonaro no dia 19 de junho - Filipe Jordão/JC Imagem
Filipe Jordão/JC Imagem
Ato no Recife contra o presidente Jair Bolsonaro no dia 19 de junho - Filipe Jordão/JC Imagem
Filipe Jordão/JC Imagem
Ato no Recife contra o presidente Jair Bolsonaro no dia 19 de junho - Filipe Jordão/JC Imagem
Filipe Jordão/JC Imagem
Ato no Recife contra o presidente Jair Bolsonaro no dia 19 de junho - Filipe Jordão/JC Imagem
Filipe Jordão/JC Imagem
Ato no Recife contra o presidente Jair Bolsonaro no dia 19 de junho - Filipe Jordão/JC Imagem
Filipe Jordão/JC Imagem
Ato no Recife contra o presidente Jair Bolsonaro no dia 19 de junho - Filipe Jordão/JC Imagem
Filipe Jordão/JC Imagem
Ato no Recife contra o presidente Jair Bolsonaro no dia 19 de junho - Filipe Jordão/JC Imagem
Filipe Jordão/JC Imagem
Ato no Recife contra o presidente Jair Bolsonaro no dia 19 de junho de 2021 - Filipe Jordão/JC Imagem
Filipe Jordão/JC Imagem
Ato no Recife contra o presidente Jair Bolsonaro no dia 19 de junho de 2021 - Filipe Jordão/JC Imagem
Filipe Jordão/JC Imagem
Ato no Recife contra o presidente Jair Bolsonaro no dia 19 de junho de 2021 - Filipe Jordão/JC Imagem
Filipe Jordão/JC Imagem
Ato no Recife contra o presidente Jair Bolsonaro no dia 19 de junho de 2021 - Filipe Jordão/JC Imagem
Filipe Jordão/JC Imagem
Ato no Recife contra o presidente Jair Bolsonaro no dia 19 de junho de 2021 - Filipe Jordão/JC Imagem
Filipe Jordão/JC Imagem
Ato contra o presidente Jair Bolsonaro no dia 19 de junho de 2021 - Filipe Jordão/JC Imagem
Filipe Jordão/JC Imagem
Ato contra o presidente Jair Bolsonaro no dia 19 de junho de 2021 - Filipe Jordão/JC Imagem
Filipe Jordão/JC Imagem
Ato contra o presidente Jair Bolsonaro no dia 19 de junho de 2021 - Filipe Jordão/JC Imagem
Filipe Jordão/JC Imagem
Um grupo do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) empunham objetos que remetem ao formato de seringas, cada um com uma frase diferente - Filipe Jordão/JC Imagem
Tião Siqueira/JC Imagem
Ato contra Bolsonaro no Recife no dia 19 de junho de 2021 - Tião Siqueira/JC Imagem
Tião Siqueira/JC Imagem
Ato contra Bolsonaro no Recife no dia 19 de junho de 2021 - Tião Siqueira/JC Imagem
Tião Siqueira/JC Imagem
Ato contra Bolsonaro no Recife no dia 19 de junho de 2021 - Tião Siqueira/JC Imagem
Tião Siqueira/JC Imagem
Ato contra Bolsonaro no Recife no dia 19 de junho de 2021 - Tião Siqueira/JC Imagem

Seringas

Um grupo do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) empunharam objetos que remetem ao formato de seringas, cada um com uma frase diferente, a exemplo de "Viva o SUS", Coronavac" e "Tá passada?", em referência ao vídeo do roteirista e humorista "Esse menino" em que faz uma sátira dos e-mails enviados pela Pfizer ao governo federal oferecendo a vacina contra a covid-19, que foram ignorados. 

 

Comentários

Últimas notícias