orientação sexual

Veja vídeo em que Eduardo Leite, governador do Rio Grande do Sul, diz que é gay: "A gente precisa debater o que se é"

Em entrevista ao programa Conversa com Bial, o tucano de 36 anos assumiu-se, publicamente, homossexual

Amanda Azevedo Estadão Conteúdo
Cadastrado por
Amanda Azevedo
Estadão Conteúdo
Publicado em 01/07/2021 às 22:05 | Atualizado em 02/07/2021 às 2:38
REPRODUÇÃO/TV GLOBO
Eduardo Leite é o governador mais jovem do País - FOTO: REPRODUÇÃO/TV GLOBO
Leitura:

O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), falou de sua orientação sexual no programa Conversa com Bial, da TV Globo, assumindo-se, publicamente, homossexual. A entrevista será veiculada na madrugada desta sexta-feira (2).

"Eu sou gay. E sou um governador gay, e não um gay governador, tanto quanto Obama nos Estados Unidos não foi um negro presidente, foi um presidente negro. E tenho orgulho disso", disse o governador. 

Nada a esconder

O tucano destacou ainda que não tem "nada a esconder". Na entrevista, ele tratava das prévias do PSDB para as eleições à presidência da República.

"Agora, como a minha participação nessa política nacional, nesse debate nacional começa a despertar talvez maiores ataques por conta de adversários, alguns vêm com piadas, ilações, como se eu tivesse algo a esconder. Pois bem, que fique claro, não tenho nada a esconder. Tenho orgulho dessa integridade de poder aqui dizer também sobre a minha orientação sexual, quem eu sou, embora devêssemos viver num país em que isso fosse uma não-questão, mas, se é, está aqui claro", disse.

Governador mais jovem

Leite foi eleito com 53,6% dos votos. Ele tem 36 anos, o que o torna o governador mais jovem em exercício hoje no País. Antes, foi prefeito de Pelotas entre 2013 e 2016 e, antes disso, foi secretário municipal, vereador e presidente da Câmara Municipal na mesma cidade.

Ele participou nesta quinta-feira (1º) de um debate do Estadão e do Centro de Liderança Política (CLP) com os ex-ministros e presidenciáveis Ciro Gomes (PDT) e Luiz Henrique Mandetta (DEM), em São Paulo, para debater os desafios do País na saída da pandemia do coronavírus e na retomada econômica.

Comentários

Últimas notícias