Saúde

Bolsonaro foi para UTI e acabou intubado como precaução, diz Flávio

Segundo senador, 'isso já havia acontecido em uma das cirurgias passadas' no presidente

Do jornal Correio para a Rede Nordeste
Do jornal Correio para a Rede Nordeste
Publicado em 14/07/2021 às 20:08
Notícia
Pedro França/Agência Senado
Senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ) chega ao Senado Federal - FOTO: Pedro França/Agência Senado
Leitura:

O senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ) informou nesta quarta-feira (14) que seu pai, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), chegou a ser levado para uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e precisou ser intubado como precaução. À rádio Jovem Pan, o parlamentar informou que no início da manhã Bolsonaro estava sem conseguir respirar e estava sendo monitorado para evitar que aspirasse o líquido que estava subindo do estômago.

"Foi realmente para uma Unidade de Tratamento Intensiva, para ficar ali em observação, com os cuidados melhores. Chegou a ser intubado, sim, para evitar que ele bronco aspirasse o líquido que tava vindo do seu estômago. Isso já havia acontecido em uma das cirurgias passadas que ele fez. Por precaução, apenas, nada de grave", tranquilizou Flávio.

O senador disse ainda que de sábado (9) para domingo (10), o presidente havia ficado internado por conta dos soluços constantes, dos quais vem reclamando há mais de dez dias.

No final de semana, o presidente cumpria agenda no Rio Grande do Sul, onde fez uma motociata ao lado de apoiadores em Porto Alegre. "Estava com muito soluço, não estava conseguindo dormir bem, muita apneia. Ficou em observação, fez alguns exames, tava tudo bem. Voltou para casa no domingo, fizemos até um almoço para recebê-lo", completou Flávio.

O parlamentar disse que o estado de saúde apresentado pelo presidente na manhã de hoje foi uma "surpresa". "Ele tinha voltado a apresentar um quadro no mesmo sentido que ele estava no final de semana", disse à rádio.

Comentários

Últimas notícias