Eleições 2022

Após veto do grupo de Jarbas à candidatura de Miguel Coelho ao Governo de Pernambuco, FBC busca o MDB nacional

Nesta segunda-feira (26), a assessoria de imprensa do pernambucano divulgou que ele tem uma reunião com o presidente nacional da sigla, o deputado federal Baleia Rossi, marcada no início de agosto para tratar sobre o tema

Renata Monteiro
Renata Monteiro
Publicado em 26/07/2021 às 18:57
Notícia
DIVULGAÇÃO
Miguel Coelho ao lado do presidente nacional do MDB, Baleia Rossi (à esq), e do senador Fernando Bezerra (à dir.) - FOTO: DIVULGAÇÃO
Leitura:

Depois de afirmar, na última semana, que a discussão sobre o lançamento de uma candidatura do MDB ao governo de Pernambuco ainda iria render, o senador Fernando Bezerra Coelho (MDB) deu mais um indício de que não aceitará inerte a decisão do grupo do senador Jarbas Vasconcelos de manter a legenda na base do PSB no Estado. Nesta segunda-feira (26), a assessoria de imprensa do parlamentar divulgou que ele tem uma reunião com o presidente nacional da sigla, o deputado federal Baleia Rossi, marcada no início de agosto para tratar sobre o tema.

O grupo de FBC rompeu com o PSB em 2017 e desde 2018 trava uma luta intensa para levar o partido para a oposição em Pernambuco. Nas eleições em que o governador Paulo Câmara (PSB) foi reeleito, inclusive, essa tentativa de retirar o partido da Frente Popular foi parar na Justiça, que acabou favorecendo o atual presidente da agremiação, o deputado federal Raul Henry.

Neste ano, Miguel Coelho, Filho de FBC e prefeito de Petrolina, apresentou ao partido o seu desejo de disputar o Palácio do Campo das Princesas em 2022, mas Raul vetou a postulação, destacando como principal motivo para a decisão a proximidade dos Coelho com o presidente Jair Bolsonaro (sem partido). FBC é líder do governo Bolsonaro no Senado.

>> Discussão que vai ainda render, diz Fernando Bezerra sobre candidatura do MDB ao governo

>> Fernando Bezerra Coelho e Miguel Coelho visitam prefeitos de oposição no Grande Recife nesta segunda-feira

>> Fernando Bezerra Coelho diz que é cedo para MDB de Pernambuco descartar candidatura. Mas foi Miguel quem pediu pressa

>> Briga pelo MDB de Pernambuco pode recomeçar, mas cenário é completamente diferente de 2018 e ruim para os Coelho

A assessoria do deputado Raul Henry foi procurada pela reportagem para que ele pudesse comentar o movimento do senador, mas até a publicação desta matéria o JC não conseguiu falar com ele.

Hoje, os Coelho iniciaram uma série de vistas a municípios do Estado para, segundo a assessoria de imprensa de FBC, "renovar parcerias e discutir o cenário político para as eleições de 2022".

"Além de colocar o nosso mandato de senador de Pernambuco à disposição das prefeituras, facilitando o acesso a recursos e financiamentos, aproveitamos o recesso para animar o conjunto das forças políticas que atuam na oposição ao governo do Estado e construir um ambiente de diálogo para que, até outubro, após a votação da reforma política, a gente possa nos aproximar da definição do nome que será protagonista deste momento de renovação, esperança e retomada, que Pernambuco quer viver", declarou o senador, por nota.

Neste primeiro dia de visitas, o clã esteve em Olinda, Cabo de Santo Agostinho, Ipojuca e Jaboatão dos Guararapes. A ideia é, até sexta-feira (30), visitar outras lideranças da Zona da Mata, Agreste e Sertão.

Comentários

Últimas notícias