Mata Norte

Câmara de Paudalho analisa proposta de distribuição de absorventes higiênicos em escolas municipais

Projeto foi enviado pelo prefeito Marcelo Gouveia (PSD) ao Legislativo no dia 5 de agosto

Renata Monteiro
Renata Monteiro
Publicado em 30/08/2021 às 14:21
Notícia
PIXABAY
SAÚDE Programa beneficiará estudantes da rede municipal de Paudalho - FOTO: PIXABAY
Leitura:

Um projeto de lei que institui no município de Paudalho, Mata Norte do Estado, um programa de fornecimento de absorventes higiênicos nas escolas públicas municipais deve ser votado pela Câmara de Vereadores da cidade nos próximos dias. A proposta foi enviada pelo prefeito Marcelo Gouveia (PSD) ao Legislativo no dia 5 de agosto.

"Isso é uma questão de saúde pública e de direito. Sabemos que no Brasil existe a Lei de Combate a Pobreza Menstrual que determina o acesso a absorventes higiênicos e muita das vezes a aluna deixa de ir até a escola pela falta dos absorventes e isso causa a evasão. Nós queremos com essa ação combater esse fator e também garantir o direito", disse o gestor municipal.

>> Prefeitura do Recife conclui licitação para distribuição gratuita de absorventes em escolas municipais

>> Pobreza Menstrual: um problema de saúde pública que perpassa pela falta de dignidade à condição de existir sendo uma mulher

>> João Campos abre licitação de R$ 1,8 milhão para distribuição de absorventes para as estudantes de escolas do Recife

>> Câmara do Recife aprova projeto de lei para distribuição de absorventes em escolas municipais

Antes de chegar ao plenário, a proposta precisa passar pelas comissões de Justiça, Constituição, Redação e Educação da Câmara. Se aprovado, o projeto retornará às mãos do prefeito, que deverá sancioná-lo. Depois disso, os absorventes serão distribuídos pela Secretaria de Educação da cidade.

"Até a próxima quarta ou no máximo na próxima semana esse projeto será votado e com certeza será aprovado, porque vai beneficiar nossas estudantes paudalhenses", pontuou o presidente da Câmara dos Vereadores, Heristow Aragão.

Comentários

Últimas notícias