Recorde

Codeputada Robeyoncé Lima entra para o Guinness Book

A codeputada das Juntas e os mais de 700 palestrantes, receberam o certificado do livro dos recordes por participarem do maior congresso virtual da área jurídica, realizado no ano passado

Mirella Araújo
Mirella Araújo
Publicado em 10/09/2021 às 15:21
ZITO JÚNIOR / DIVULGAÇÃO
Para a codeputada, os debates foram fundamentais para pensar soluções para aquela primeira fase da pandemia - FOTO: ZITO JÚNIOR / DIVULGAÇÃO
Leitura:

A advogada e codeputada das Juntas, Robeyoncé Lima (Psol), entrou para o livro dos recordes,  o Guinness Book, por sua participação no “I Congresso Digital Nacional da OAB - Repercussões Jurídicas e Sociais da Pandemia de Covid-19”, considerado o maior congresso virtual da área jurídica realizado no período de uma semana, entre 27 e 31 de julho de 2020. O evento, organizado pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e a Escola Superior de Advocacia (ESA Nacional), já tinha recebido a titulação do Guinness, em maio deste ano, e a gora os palestrantes também estão recebendo os seus certificados. 

Palestrante do painel "Advocacia Feminina em Tempos de Pandemia, a advogada Robeyoncé explica que para além do certificado, os mais de 160 painéis realizados na época, ainda continuam com temas atuais e que precisam ser debatidos. "O certificado tem um valor simbólico muito grande porque é resultado de uma série de debates e discussões relacionados a pandemia e que tem impacto social a nível global", afirmou. 

"De um ano para cá, nós vimos o agravamento das condições sociais e isso se transfere do mundo jurídico para a política também. Enquanto advogada e parlamentar, consigo fazer essa conexão para incidir na redução dessa vulnerabilidade. Foi um momento importante e muito bom para debatermos sobre as saídas para a crise sanitária, econômica, social e política que, mesmo depois de um ano, ainda continua", complementou a codeputada. A parlamentar defende que há condições de se colocar em prática políticas que efetivamente possam atenuar ou reverter esse cenário de crise, como as Juntas já vem defendendo desde o início da pandemia. 

No Congresso, foram realizados mais de 160 painéis, com mais de 700 palestrantes, para 115 mil inscritos, que participaram das discussões, todos de forma voluntária e com transmissão em tempo real dos debates em seis salas virtuais simultâneas. 

A adjudicadora oficial do Guinness World Records, Raquel Assis, afirmou que “o congresso inspirou a cada um dos participantes a analisar e refletir sobre a conjuntura atual, observando como se dá e dará o impacto do momento que vivemos no mundo jurídico e na sociedade. Foi um acontecimento que rompeu limites e levou informação ao mundo”, disse.

O congresso reuniu advogados, magistrados, ministros, jornalistas, especialistas e acadêmicos, em busca de respostas para o mundo pós-pandemia, debatendo as alterações nas atividades profissionais, no mundo jurídico, no meio ambiente, negócios e novas tecnologias.

 

Comentários

Últimas notícias