Eleições

Anderson Ferreira reforça alinhamento com Raquel Lyra e diz que marchará ao lado da tucana em 2022

O prefeito de Jaboatão afirmou, ainda, que entre os pré-candidatos ao governo da oposição pode sair um postulante ao Senado, mas apenas ele e a própria Raquel têm idade para concorrer ao cargo

Renata Monteiro
Renata Monteiro
Publicado em 21/09/2021 às 17:57
DIVULGAÇÃO PSDB
CENÁRIOS Pela idade, Raquel e Anderson podem disputar Senado - FOTO: DIVULGAÇÃO PSDB
Leitura:

Em meio à indefinição que envolve a estratégia que o grupo de oposição ao governador Paulo Câmara (PSB) adotará em 2022, a cada dia o prefeito de Jaboatão dos Guararapes, Anderson Ferreira (PL), parece ter mais certezas do que dúvidas com relação ao pleito. Na manhã desta terça-feira (21), o gestor afirmou que no ano que vem marchará ao lado da prefeita de Caruaru, Raquel Lyra (PSDB), muito embora evite cravar de que maneira esse apoio se dará. Anderson, Raquel e Miguel Coelho (DEM), prefeito de Petrolina, são pré-candidatos ao Palácio do Campo das Princesas pelo coletivo de centro-direita.

"Eu tenho um alinhamento muito grande com a Raquel e com certeza nós marcharemos juntos (em 2022)", declarou o prefeito, durante entrevista à rádio CBN Recife. Anderson afirmou, ainda, que entre os pré-candidatos pode sair um postulante ao Senado, mas apenas ele e a própria Raquel têm idade para concorrer ao cargo. Miguel acabou de completar 31 anos e precisaria ter pelo menos 35 para disputar uma vaga na Casa Alta.

>> Em Pernambuco, grupo de oposição ainda não tem estratégia para enfrentar o PSB nas urnas em 2022

>> Após anúncio da filiação de Miguel Coelho ao DEM, Raquel e Anderson pregam unidade e elevam os próprios passes

>> Miguel Coelho vai se filiar ao DEM para viabilizar candidatura ao governo de Pernambuco em 2022

>> Entrada de Miguel Coelho no DEM promete acelerar o ritmo das decisões no bloco de oposição do Estado

>> Se Raquel for candidata, o Cidadania está com ela, afirma Daniel Coelho em Caruaru

Diante do que disse o gestor municipal, podemos identificar dois possíveis cenários para a dupla no próximo ano: ou ele abrirá mão da candidatura para apoiar a tucana, ou a prefeita fará isso. Se o quadro se confirmar, há chances do desistente disputar uma vaga no Senado ao lado do cabeça de chapa.

Sem dar muitas pistas da decisão que será tomada, Anderson antecipou que a escolha será feita com base em critérios bem objetivos. "Isso não pode ser um projeto pessoal, tem que ser um projeto para Pernambuco. Quem quiser colocar isso como projeto pessoal, eu acredito que vai se dar mal. É preciso saber o quanto é importante a gente unir forças, principalmente quando a gente luta contra uma máquina que é o governo que está aí. (...) Além disso, você não vai para a rua sem uma tropa, você tem que ter um exército e dimensão eleitoral", observou.

O prefeito lembrou que foi reeleito prefeito de Jaboatão em 2020, que já foi deputado federal e integra um grupo político que conta com dois partidos, o PL, liderado por ele, e o PSC, presidido no Estado pelo deputado federal André Ferreira, irmão de Anderson. Tudo isso, defende o gestor, lhe daria a musculatura necessária para a disputa pelo Executivo estadual, caso ele queira concorrer.

Entre os outros pré-candidatos, Raquel, além de ser a presidente do PSDB, já tem garantido o apoio do Cidadania para a eleição do ano que vem. Miguel, porém, não recebeu até o momento o apoio formal de nenhum partido além do DEM para 2022.

No próximo sábado (25), o prefeito Miguel Coelho entrará oficialmente no DEM com um grande evento no Bairro do Recife, área central da capital pernambucana. Na ocasião, democratas de peso nacional, como o presidente da sigla, ACM Neto, prestigiarão o prefeito de Petrolina e darão a sua bênção para que o filho do senador Fernando Bezerra Coelho (MDB) dispute o Governo do Estado.

Após a entrevista da CBN, a reportagem do JC perguntou se Anderson participará do ato de filiação de Miguel no sábado, mas o prefeito de Jaboatão afirmou não ter certeza se poderá estar no evento, devido a compromissos agendados anteriormente.

Comentários

Últimas notícias