Vacina

Grupo pró-Bolsonaro fará ato neste domingo (24) no Recife contra passaporte vacinal

A manifestação foi divulgada pelo Aliança por Pernambuco nas redes sociais, mas de acordo com a liderança do grupo, trata-se de uma manifestação espontânea

Luisa Farias
Luisa Farias
Publicado em 23/10/2021 às 19:13
Notícia
ALEXANDRE GONDIM / JC IMAGEM
ZONA SUL Ato divulgado pela Aliança por Pernambuco começa às 14h, com concentração na Padaria Boa Viagem - FOTO: ALEXANDRE GONDIM / JC IMAGEM
Leitura:

Atualizada às 19h31

Apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) organizam uma manifestação para este domingo (24) no bairro de Boa Viagem, na Zona Sul do Recife, contrário ao passaporte vacinal, a exigência para que a população se vacine contra a covid-19. A concentração está marcada para as 14h na Padaria Boa Viagem, local tradicional de manifestações da direita a favor do presidente. 

O ato foi divulgado pelo Aliança por Pernambuco nas redes sociais, mas de acordo com a liderança do grupo, trata-se de uma manifestação espontânea. 

Em Pernambuco, não há determinação do governo estadual sobre a vacina voltada para a população em geral. Uma lei do Executivo Estadual aprovada recentemente pela Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) torna obrigatória a vacinação de servidores estaduais e servidores, empregados públicos, militares de estado, contratados temporários e prestadores de serviços contratados pelos órgãos e poderes do estado. Trata-se da Lei Complementar nº 458, de 8 de outubro de 2021. 

Já no Poder Judiciário, o Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) aprovou no dia 27 de setembro uma resolução (Projeto de Resolução nº 018/2021) que determina a obrigatoriedade de vacinação contra covid-19 no âmbito do Poder Judiciário estadual. Ela se aplica aos magistrados e magistradas, servidores e servidoras do TJPE e prestadores de serviços contratados pelo tribunal.

Vacina

"Se o 'imunizante' não imuniza e nem evita a contaminação, o passaporte é para certificar o que? Essa obrigatoriedade é a sua escravidão! Venha lutar pela sua liberdade, pelo seu direito de escolha e de ir e vir. A força da mudança não está nas palavras e sim nas ações", diz um post na página do Instagram do Aliança por Pernambuco. 

De acordo com o consórcio de veículos de imprensa, de dados da sexta-feira (22), no Brasil 71,64% da população brasileira tomou a primeira dose da vacina contra a covid-19. Já os que tomaram as duas doses correspondem a 51,02%. 

Dados do Ministério da Saúde mostram que mais de 20 milhões de pessoas não voltaram aos postos de vacinação para tomar completar o esquema vacinal, ainda que estejam aptos. Ainda de acordo com a pasta, se esse grupo tivesse cumprido a recomendação, estima-se que 80% da população estaria totalmente vacinada. 

Em Pernambuco, o boletim epidemiológico da sexta-feira (22) apontou que 87,60% do público elegível tomou a primeira dose e 57,14% tomou as duas doses.  

Comentários

Últimas notícias