Tensão

Após discussão com Bolsonaro, André Marinho pede demissão da Jovem Pan

O presidente não gostou de ser questionado por Marinho se achava que "rachadores" deveriam ser presos

Renata Monteiro
Renata Monteiro
Publicado em 04/11/2021 às 17:01
Reprodução/Jovem Pan
"Tigrão com humorista, tchutchuca com STF", disse Marinho em seu Twiiter - FOTO: Reprodução/Jovem Pan
Leitura:

O humorista André Marinho, que na última semana teve uma forte discussão com o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), pediu demissão da Jovem Pan News nesta quinta-feira (4). As informações são do portal O Antagonista.

No final do mês de outubro, durante uma entrevista ao programa "Pânico", o presidente Bolsonaro se alterou e deixou a atração ao vivo. Ele não teria gostado de uma pergunta feita por Marinho, filho do empresário Paulo Marinho, que já foi aliado político do militar da reserva. O humorista perguntou se Bolsonaro achava que "rachadores" deveriam ser presos.

>> Saiba quem é André Marinho, humorista que fez Temer rir com imitação de Bolsonaro em jantar

>> Joice Hasselmann divulga vídeo em que Temer e outros políticos fazem piada de Bolsonaro: "bobo da corte"

>> Jair Bolsonaro é recebido com protestos na cidade onde será homenageado

>> PGR abre investigação preliminar contra Jair Bolsonaro

A pergunta é uma alusão à investigação envolvendo o senador Flávio Bolsonaro (Patriota) e o vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos), filhos do presidente, que apura se os parlamentares desviavam parte dos salários dos funcionários dos seus gabinetes. Depois da provocação, o presidente lembrou que o pai do humorista é o primeiro suplente de Flávio e abandonou a entrevista.

Logo após o ocorrido, o assunto tornou-se um dos mais comentados do Twitter, com mensagens de apoio e ataques à atitude de Marinho.

"O Presidente @jairbolsonaro concede entrevista ao Pânico @JovemPanNews e @AndreMarinho o provoca até que ele se retire. Além da falta de compostura e respeito p/com o ilustre convidado,atrapalhou a programação e frustrou a audiência. Atitude lamentável e inaceitável!", declarou a deputada federal Bia Kicis (PSL).

"O cara só perguntou apenas: 'Crime de Rachadinha deve dar cadeia?' Ué?", comentou o apresentador Danilo Gentili.

Na última segunda-feira (1º), o prório Marinho postou no Twitter que "os defensores da liberdade" estariam pedindo a sua demissão na emissora.

Comentários

Últimas notícias