Entrevista ao 'Fala Memo'

Deolane Bezerra diz que perderá seguidores em 2022, mas vai apoiar Lula: ''Sou lulista''

A advogada, viúva de MC Kevin, falou sobre Bolsa Família, ironizou Bolsonaro e disse que picanha virou normal na época de Lula

Cássio Oliveira
Cássio Oliveira
Publicado em 11/11/2021 às 21:35
Notícia
REPRODUÇÃO/TWITTER
Lula e Deolane - FOTO: REPRODUÇÃO/TWITTER
Leitura:

A advogada Deolane Bezerra voltou a defender a candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em 2022 para a Presidência da República. Ela já havia falado abertamente sobre a sua posição política e criticado o atual presidente Jair Bolsonaro.

Eu não sou petista, eu sou lulista.
Deolane Bezerra sobre apoio a Lula (PT)

Em entrevista ao "Fala Memo Podcast", Deolane, que é viúva de MC Kevin, afirmou que Lula terá o seu apoio em 2022, mesmo que o seu posicionamento político seja alvo de críticas na internet.

"Eu vou perder tantos seguidores em 2022. Vou perder muito. Eu brigo muito por política", disse ela durante bate-papo com os apresentadores João Victor Marchini e Tony Sena.

O ex-presidente Lula, inclusive, compartilhou um vídeo em sua conta no Twitter com o recorte de um trecho do podcast no qual Deolane fala sobre ele.

Ela ainda disse que Lula deu atenção às classes baixas durante os seus anos de governo. "O Lula trouxe para quem era pobre, como eu era na época, coisas que não eram acessíveis. Carro popular, ninguém tinha e passou a ter. Picanha, ninguém comia e virou normal na época dele. Faculdade, curso técnico, Bolsa Família… Ele fez um monte de coisa!", afirmou Deolane. "Não era esmola, cara. O povo morria de fome. Ele [Lula] tirou a morte de ser uma certeza da vida de um monte de gente. Se eu não vou ser ele, vou ser quem? Bolsonaro?", completou, em tom de ironia.

Não foi a primeira vez que ela falou sobre o petista. Em julho, ela falou no Pod Pah sobre Lula. “Papai…”, iniciou Deolane. “Eu amo aquele ‘véi’ demais. Me julguem. Eu tenho uma foto dele, do dia que ele se entregou em São Bernardo do Campo”, disse. “Foi o pai que eu não tive. Nunca ganhei um real do governo Lula, já adiantado”, continuou Deolane, dando detalhes sobre o episódio em que esteve com o presidente. “Parecia que eu tava vendo Jesus quando vi ele. Perdão Jesus. Mas vem aquele ‘veinho’ com a barbinha branca. Dei um abraço nele e falei ‘não se entrega não, presidente'”, contou.

Citação

Eu não sou petista, eu sou lulista.

Deolane Bezerra sobre apoio a Lula (PT)

Comentários

Últimas notícias