SURPRESA

Revelado o motivo da demissão de Cissa Guimarães. Saiba o que houve

A apresentadora Cissa Guimarães foi desligada semana passada da Globo

Mirella Martins
Mirella Martins
Publicado em 02/11/2021 às 10:31 | Atualizado em 04/11/2021 às 22:15
Cissa Guimarães volta ao É de Casa
Cissa Guimarães volta ao É de Casa
Leitura:

Cissa Guimarães trabalhou mais de 40 anos na Globo. Fez de tudo. De novela a ser co-apresentadora de anos do "Vídeo Show". Atualmente, estava como uma das hostess do programa do sábado, "É de Casa", até semana passada quando foi informada na sexta que não iria apresentar, ou até se despedir, no dia seguinte.

Na internet, muita gente se solidarizou com a apresentadora que é dona de um carisma impressionante. Vazaram, inclusive, alguns prints, mostrando conteúdo de WhatsApp com agradecimento dela para equipe e lamento pela falta de comunicação mais próxima. 

O motivo da demissão

De acordo com informações do site Observatório da Televisão, o motivo da demissão foi o salário de Cissa Guimarães, que acreditem, não era pouca coisa. O valor é estimado em R$ 100 mil. Não é de hoje que a emissora vem convidando alguns nomes mais tradicionais da casa para atualização do contrato com redução dos salários. Alguns aproveitaram para se desligar da Vênus Platinada, ficando com a possibilidade de trabalhar por obra.

Em nota, a Globo disse que a artista "continua com as portas abertas na Globo para futuros projetos em nossas múltiplas plataformas, mas em um novo modelo de parceria."

"Fui muito feliz nesse casamento de mais de 40 anos. E é isso que vou levar: as boas parcerias, os imensos aprendizados, os momentos felizes, emocionantes e compartilhados, que ficaram para a história - minha, do público e da TV Globo. A minha gratidão mora aí, nesse sentimento lindo e nessa vida que construímos juntos", declarou Cissa.

A carreira de Cissa Guimarães

Cissa estudou no Notre Dame de Sion, um tradicional colégio de freiras do Rio de Janeiro. Chegou a entrar na Faculdade de Química da Universidade Federal do Rio de Janeiro, mas logo abandonou o curso, já apaixonada pelo teatro.

A estreia profissional foi na peça "Dor de Amor" de Bráulio Pedroso em 1977, no lendário Teatro Dulcina , no Rio. O início na Globo foi numa pequena participação em um seriado que fez história na televisão brasileira: Malu Mulher em 1980. A primeira novela foi Coração Alado. Cissa interpretava Carla que fazia parte de uma turma de jovens que incluía Mirian Rios, Diogo Vilela e Carlos Augusto Strazzer. Carla tinha um romance com o personagem de Tarcísio Meira. 

Entre os trabalhos marcantes de Cissa Guimarães se destacam também duas vilãs. Em Direito de Amar, de 1987 e em "Top Model" de 1989, novamente dirigida por Roberto Talma. De 1986 a 2001, Cissa participou do "Vídeo Show". A volta à teledramaturgia foi em grande estilo, na novela "O Clone", de Gloria Perez, em 2001.

Em 2015, ela começou a comandar o "É de Casa", nas manhãs de sábado, com André Marques, Patrícia Poeta e Manoel Soares, e direção geral de Leandro Meneguiti. Na edição de 30 de outubro, os apresentadores do programa homenagearam Cissa.

"Quero fazer uma homenagem à nossa querida amiga Cissa Guimarães. Um beijo muito especial para você, Cissa, que morou aqui com a gente nesta casa durante seis anos", declarou Ana Furtado.

Carinho do filho após demissão

No sábado (30), um dia após a demissão, Cissa repostou um elogio que recebeu do filho, João Velho.

"Não só borogodó como vavavum e ziriguidum. Nada se compara. Você é uma instituição. Cientistas tentam fazer clones sem sucesso. Nenhum profeta é capaz de acertar seu futuro, apenas podem ver que há sempre gigantes vindo por aí. Não se aprende a ser Cissinha, se é Cissinha, só há uma. Cisssa com C. Maiúsculo e dois esses. O resto é Ciça. Te amo mãe, você é gigante e não falo isso porque é minha mãe, não. Falo como colega e amigo. Obrigado por me incluir no seu rastro infinito de luz", escreveu ele. 

Ao ver a homenagem dele, Cissa respondeu: "Quando seu filho faz um comentário desse no post em que você fez perguntando se tem borogodó, o coração transborda de tanto amor. Te amo, meu filho", afirmou.

Reprodução / Instagram
João Velho faz homenagem para a mãe, Cissa Guimarães - Reprodução / Instagram

 

Nesta terça-feira (2), Dia de Finados, Cissa homenageou o filho Rafael Mascarenhas, morto aos 18 anos, em julho de 2010.

"Amor e luz", escreveu Cissa ao publicar um desenho do rosto do filho no Instagram.

Rafael estava andando de skate com amigos no túnel acústico da autoestrada Lagoa/Barra, no Rio de Janeiro, quando foi atingido por um carro. A pista estava fechada ao tráfego no momento do acidente. Apesar de ter sido levado para o Hospital Miguel Couto, no Leblon, o jovem não resistiu aos ferimentos e morreu.


Comentários

Últimas notícias