NEGOU

Dayane Mello sobre Nego do Borel: 'Ele não me abusou, ele não me estuprou'

A moça agradeceu pela proteção que os fãs tiveram, mas disse que não aconteceu nada entre ela e o cantor

Rakeche Nascimento
Rakeche Nascimento
Publicado em 21/12/2021 às 13:04 | Atualizado em 27/12/2021 às 15:17
Reprodução/Instagram
Nego do Borel e Dayane Mello - FOTO: Reprodução/Instagram
Leitura:

Após muita repercussão sobre o caso de Nego do Borel e Dayane Mello, a modelo resolveu se pronunciar sobre as acusações que fizeram o cantor ser expulso do programa. Recentemente, os dois foram vistos em um hotel juntos, enquanto conversava na beira da piscina. 

Relembre o caso envolvendo Nego do Borel e Dayane Mello

Logo após a repercussão desse assunto, Dayane falou em seu stories que não aconteceu nada sexualmente entre os dois e que nunca foi abusada ou estuprada pelo cantor.

“Ele não me abusou, ele não me estuprou. Não aconteceu nada sexualmente. Por mais eu eu defenda as mulheres, por mais que muitas mulheres no mundo queiram, eu não vou ser a porta voz de um estupro. Eu não vou deixar uma pessoa passar por estuprador porque ele não me estuprou e que isso fique claro. Eu estou, hoje, em paz. Eu não sou capaz de levar essa responsabilidade sabendo o que aconteceu naquela noite”, disse ela.

Dayane ainda agradeceu aos fãs por defendê-la e a emissora pelo posicionamento, mas disse que olhou tudo que aconteceu durante o programa e que entende o quanto o tema machuca muitas pessoas.

“Muitas pessoas podem não estar entendendo sobre o meu posicionamento, mas chegando aqui em minha casa, eu me deparei com muitas coisas e o que mais me machuca é dar culpa a uma pessoa que não me abusou”. 

“Peço que vocês possam entender o meu posicionamento e sabendo o que eu estou sentindo. Sei que muitas mulheres são tocadas com esse assunto de estupro, mas eu não posso deixar uma pessoa passar e ser julgada por estuprador. Não aconteceu abuso e eu estou bem comigo mesma. Para quebrar esse silêncio, eu só espero que vocês respeitem o que eu decidi. Não posso ser porta voz de algo que não aconteceu”.

Siga o Social1 no Instagram, Facebook, Twitter e TikTok.

Comentários

Últimas notícias