Relacionamento amoroso

Saiba mais sobre a separação da cantora Ludmila Ferber e o pastor José Antônio Lino

Ludmila Ferber e José Antônio Lino foram casados por 21 anos e pertenciam a mesma igreja. Depois do término, cada um seguiu para um lado

Pedro Oliveira
Pedro Oliveira
Publicado em 27/01/2022 às 18:36
Reprodução/Instagram
Ludmila Ferber foi casada com José Antônio Lino - FOTO: Reprodução/Instagram
Leitura:

Ludmila Ferber construiu uma consolidada carreira artística no mundo gospel antes de morrer nesta quinta-feira (27). A cantora, que também era pastora, chegou no universo evangélico desde a década de 1980, quando integrava o grupo musical cristão Koinonya. Nele, ela gravou oito discos.

Apenas em 1996, Ludmila Ferber decidiu investir em carreira solo. Naquele mesmo ano, a cantora lançou seu primeiro álbum, intitulado "Marcas". Desde então, ela acumulou mais 12 discos de estúdio, reunindo uma legião de fãs, que admiravam o seu trabalho. Dentre os seus sucesso, "Os Sonhos de Deus" foi a sua canção que mais se popularizou no mundo gospel. 

Boa parte da trajetória de Ludmila Ferber foi ao lado do seu ex-companheiro, o pastor José Antônio Lino. Os dois passaram juntos mais cerca de 21 anos. Eles se casaram em 1987, mas, em 2014, o relacionamento chegou ao fim.

Saiba mais sobre a causa da morte

Separação da cantora Ludmila Ferber e pastor José Antônio Lino foi discreta

A separação de Ludmila Ferber e José Antônio Lino aconteceu em 2014. No entanto, nem a cantora gospel nem o pastor anunciaram o término do relacionamento. Eles pertenciam à mesma igreja, mas, com o término do casamento, cada um seguiu para um lado.

A pastora Ludmila Ferber assumiu a Igreja Batista da Lagoinha, em Niterói, Rio de Janeiro. Lá, ela se juntou a Mariana Valadão, irmã da cantora Ana Paula Valadão.José Antônio Lino continuou na mesma igreja, em Minas Gerais.

Ludmila Ferber morreu aos 56 anos. Ela deixou três filhas, fruto do relacionamento com o seu ex-marido: Daniela Ferber Lino, Ana Lídia Ferber Lino e Vanessa Ferber Lino.

Siga o Social1 no Instagram, Facebook, Twitter e TikTok.

Comentários

Últimas notícias