cancelado

WESLEY SAFADÃO: por que Justiça proibiu show do cantor no Piauí? Saiba os detalhes

O artista se envolveu no escândalo por conta do cachê cobrado para se apresentar na cidade de São Pedro

Vinicius Mariano
Vinicius Mariano
Publicado em 29/04/2022 às 11:35 | Atualizado em 29/04/2022 às 11:41
INSTAGRAM/REPRODUÇÃO
SÃO JOÃO DE CARUARU Wesley Safadão cancela show - FOTO: INSTAGRAM/REPRODUÇÃO
Leitura:

Na tarde dessa quinta-feira (28), a justiça do Piauí determinou a suspensão do show de Wesley Safadão, que seria feito em 20 de junho, no aniversário da cidade de São Pedro. O anúncio do show foi feito pelo prefeito Junior Bill, que publicou um vídeo ao lado do cantor.

Qual o cachê cobrado por Wesley Safadão?

Para realizar o show na cidade, o artista cobrou um valor de R$ 550 mil para uma apresentação com 1 hora e 20 minutos de duração. A primeira parcela do pagamento seria feita até o sábado (30), no valor de R$ 200 mil.

Por que Justiça proibiu show do cantor?

Com o pedido de liminar do Ministério Público aceito, o show de Wesley foi cancelado.

A decisão foi em razão das dificuldades enfrentadas pelo município, que vem sofrendo com uma enorme precariedade nos serviços públicos, como educação, saúde, saneamento básico e outros. Por isso, a suspensão do evento foi utilizada com um meio para proteger o patrimônio público.

Na decisão do juiz Ítalo Márcio Gurgel de Castro, que acatou o pedido, informa que "existem inúmeros artistas que prestam serviço de qualidade por preços infinitamente menores", não havendo necessidade para a contratação de Wesley.

Além disso, foi determinado que a prefeitura tem o prazo de 24h para informar, em sua página oficial, o cancelamento do show. No entanto, caso isso não aconteça, o prefeito sofrerá com uma multa diária, no valor de R$ 10 mil.

Comentários

Últimas notícias