SAUDADES

PAULO GUSTAVO: Ju Amaral, irmã do humorista, fala sobre sobrinhos e saudades: 'meu olho enche de lágrimas'

Um ano após a morte de Paulo Gustavo, filhos do humorista falam sobre 'visitas' do pai

Lívia Maria
Lívia Maria
Publicado em 04/05/2022 às 16:52
Reprodução
Juliana Amaral e os sobrinhos Gael e Romeu, filhos de Paulo Gustavo e Thales Bretas - FOTO: Reprodução
Leitura:

Nesta quarta-feira (4), completa-se um ano da morte de Paulo Gustavo, vítima de uma infecção por covid-19. A irmã do humorista, Juliana Amaral, deu sua primeira entrevista falando sobre a perda do irmão, saudades e dos sobrinhos.

Juliana ressalta que nunca falou em público após a morte de Paulo Gustavo devido à dificuldade em abordar o assunto. "Somos apaixonados um pelo outro. Somos melhores amigos", diz na entrevista ao EXTRA.

Apesar da dor e da saudade de Paulo, Juliana diz que se esforçou para desfilar pela escola de samba São Clemente, na Sapucaí, em homenagem ao irmão. Para ela, foi um momento com misto de tristeza e alegria. 

"Ainda não consigo equilibrar esses sentimentos. No dia do desfile, tirei forças não sei de onde para passar naquela Avenida com todo o meu amor, mesmo na dor", revela.

Convivência com os sobrinhos, filhos de Paulo Gustavo

Juliana revela que uma de suas estratégias para compreender a ausência de Paulo Gustavo foi se apegar à espiritualidade e aos sobrinhos Gael e Romeu, de 2 anos. Os meninos são frutos do relacionamento de Paulo com o dermatologista Thales Bretas.

Thales, inclusive, tem tentado explicar a ausência de Paulo para os filhos falando que ele "virou uma estrelinha". Juliana diz que os sobrinhos já falaram que o "papai Paulo veio visitar" e teve vontade de chorar.

"Eu me disfarço pra eles não me verem chorar. Outro dia, Gael disse ao apontar para o céu: “Olha lá a luz do papai Paulo”. Romeu também já falou, quando acordou chorando: “O papai Paulo não virou estrelinha, ele estava aqui agora brincando comigo!”", revelou, emocionada.

Para Juliana, a convivência com os sobrinhos é só alegria. "Meus sobrinhos são lindos, engraçados... São os meus amores, e eu sou alucinada por eles. E eles, por mim", se declara.

Comentários

Últimas notícias