ALTA SOCIEDADE

Quem é Chiquinho Scarpa, playboy brasileiro que se intitula 'Conde'?

Chiquinho Scarpa é um dos mais conhecidos nomes da alta sociedade brasileira

Lívia Maria
Lívia Maria
Publicado em 05/05/2022 às 18:18 | Atualizado em 05/05/2022 às 18:20
Reprodução/Instagram
Chiquinho Scarpa é um playboy, empresário e socialite de São Paulo, conhecido pelas polêmicas na alta sociedade - FOTO: Reprodução/Instagram
Leitura:

O playboy Chiquinho Scarpa é um dos nomes mais conhecidos da alta sociedade brasileira. Sempre presente nas rodas da elite paulista, Chiquinho ganhou fama e notoriedade ao aparecer nos meios de comunicação em festas, além de se envolver em algumas polêmicas conjugais.

Francisco Scarpa Filho, nasceu em 13 de setembro de 1951 em uma família de ítalo-brasileiros. Ao longo da sua vida, acumulou relacionamentos com celebridades e mulheres famosas, sempre mais jovens que ele.

A última namorada pública de Chiquinho Scarpa foi Fernanda Rizzi, de 39 anos. A diferença de idade entre Scarpa e Rizzi era de 32 anos, mas o casal garantiu que não foi um fator determinante para o fim do relacionamento.

"Temos hábitos diferentes, sou do dia, gosto de acordar cedo, resolver minhas coisas e das minhas filhas, fazer atividades... E ele é o oposto. Então, chegamos em um consenso comum de que era hora de cada um seguir sua caminhada. Somos amigos, tanto, que mesmo depois do término eu ainda uso a casa dele para fotografar", disse Fernanda, à época do término, o EXTRA.

Casamentos de Chiquinho Scarpa

Ao longo dos anos, Chiquinho Scarpa casou-se duas vezes. O seu primeiro casamento, realizado em 1998, com Ana Carolina Rorato de Oliveira. A relação com Carola, como é conhecida, durou pouco, mas o suficiente para sair em diversas colunas sociais pelas polêmicas.

O divórcio de Chiquinho e Carola, em 1999, foi marcado por diversas acusações da parte do advogado dela. Uma dessas foi a de que Chiquinho seria gay ou bissexual. Carola, por sua vez, disse que o casamento era apenas uma "jogada de marketing" do socialite.

Já o segundo casamento de Chiquinho durou um pouco mais. Entre 2007 e 2010, o empresário foi casado com Rosimari Bosenbecker. O relacionamento acabou amigavelmente, mas anos depois Rosimari e sua irmã gêmea Rosângela entraram com um processo de danos morais contra Scarpa por "viverem uma relação tripla". O empresário foi absolvido do processo.

Chiquinho Scarpa é Conde?

Uma das curiosidades sobre a persona de Chiquinho Scarpa é que ele se auto intitula 'Conde'. Segundo ele, o título teria sido recebido pela família Scarpa na Itália e transmitido para ele via jus sanguinis. Entretanto, não há comprovação da veracidade da informação.

Em outra ocasião, Chiquinho confirmou que o título se trata, na verdade, de um "conde papalino", honraria conferida pela Igreja Católica ao seu avô Nicolau Scarpa, em 1948, pelas inúmeras doações e obras de caridade que realizou.

A honraria é totalmente decorativa e não transmissível, sem relação com o Reino de Itália e a Casa de Savoia. O fato é que até mesmo o pai de Chiquinho, Francisco Scarpa, não ostentava o título e o considerava "dispensável". Toda vida, Chiquinho afirma que o título passaria de pai para filho e, portanto, ele seria um "conde".

Qual a fortuna de Chiquinho Scarpa?

O valor real da fortuna de Chiquinho Scarpa não é certo. Entretanto, em 2020, ele declarou seus bens para o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), quando tentou uma vaga na Câmara Municipal de São Paulo. 

Chiquinho declarou uma fortuna de R$ 1.528.104,39, cerca de R$ 500 mil a menos do que havia declarado em 2016 para o mesmo TSE. Entretanto, esse valor pode não compreender a fortuna total do socialite, que deixou de fora sua mansão em um dos bairros mais nobres de São Paulo, posta a venda por R$ 63 milhões, porque está registrada como bem de uma de suas empresas.

Além da mansão de 1,5 mil m², Chiquinho também não incluiu na declaração seus carros importados Bentley, Rolls Royce e Ferrari.

Comentários

Últimas notícias