CRIME

Fenômeno nos anos 1990, ator de Power Rangers é condenado à pena de morte nos EUA por duplo assassinato

No início, o ex-ator fazia pequenos roubos, até o grande assalto e a condenação à pena de morte.

Pedro Lima
Pedro Lima
Publicado em 23/07/2022 às 12:34
REPRODUÇÃO/DIVULGAÇÃO
Skylar DeLeon atuou em Power Rangers na década de 1990 e foi condenado à pena de morte. - FOTO: REPRODUÇÃO/DIVULGAÇÃO
Leitura:

Skylar Julius Deleon, conhecido pela atuação na série de TV 'Power Rangers', foi condenado à morte aos 42 anos, na Califórnia, nos Estados Unidos, por duplo assassinato.

Após a atração de sucesso nos anos 1990, o ator teve dificuldade de conseguir outros trabalhos no meio artístico e cometeu crimes na companhia da ex-mulher, Jennifer Henderson.

No início, os dois cometiam pequenos roubos. Entretanto, em 2004, conheceram o casal Jackie Hawks e Thomas Hawks e tudo mudou.

GRANDES ASSALTOS

O ex-ator, ao lado da então companheira, planejou o assalto a um iate que o casal tinha colocado à venda.

No momento do encontro para fechar negócio em Newport Beach, na Califórnia, Skylar, Jeniffer e outros três cúmplices atacaram e amarraram os donos da embarcação e em seguida jogaram os dois no mar. Os corpos nunca foram achados.

CONDENAÇÃO POR DUPLO HOMICÍDIO

Anos depois, um dos capangas confessou o crime, rebentando também na revelação do ex-ranger. Por conta do duplo assassinato, Skylar foi condenado à morte com injeção letal.

Entretanto, a legislação no estado da Califórnia não permite mais pena de morte. Desta forma, o ex-ator viverá o resto da vida no 'corredor da morte'.

Jennifer recebeu a sentença de prisão perpétua sem possibilidade de liberdade condicional.

MUDANÇA DE GÊNERO

O ex-ator, durante a prisão, mudou o nome e gênero. Agora chama-se Skylar Preciosa DeLeon. Skylar agora recebe terapia hormonal para obter uma aparência mais feminina.

Comentários

Últimas notícias