ALERTA

O que é o 'chip da beleza' que causou cicatrizes de acne na ex-BBB Flayslane? Entenda quais são os efeitos colaterais do procedimento

'Chip da beleza' tem se popularizado entre famosas prometendo a perda de gordura e ganho de massa muscular

Lívia Maria
Lívia Maria
Publicado em 25/05/2022 às 15:02
Reprodução
Flayslane e outras famosas já mostraram os efeitos negativos do 'chip da beleza' - FOTO: Reprodução
Leitura:

A ex-BBB Flayslane mostrou em suas redes sociais cicatrizes de acne no rosto e explicou que foram efeitos colaterais após fazer um procedimento conhecido como “chip da beleza”. Em vídeo, a cantora enfatizou os pontos negativos de ter feito o procedimento.

"Agora o efeito do chip acabou, graças a Deus! Eu nunca tive espinhas no rosto na minha vida inteira, nunca! Eu tive nas costas durante a puberdade. No rosto, nunca", reforçou a artista.

Reprodução/Instagram
Alerta feito por Flayslane sobre acne após o uso do 'chip da beleza' - Reprodução/Instagram

Além de Flay, outras famosas já falaram sobre os efeitos colaterais do procedimento que promete, entre outras coisas, melhorar a aparência da pele e a perda de gordura. Entre elas, a youtuber Nah Cardoso, Carol Dias e Mariana Goldfarb.

Vale lembrar que o procedimento que é vendido sob o nome ‘chip da beleza’ não é aprovado pela Anvisa e não é recomendado pelos conselhos de medicina.

O que é o ‘chip da beleza’?

Ao contrário do que se imagina, o ‘chip da beleza’ não é um chip ou dispositivo eletrônico de verdade, mas uma técnica de implante hormonal de gestrinona, um derivado da testosterona.

O procedimento se popularizou ao propagar que ajudaria no emagrecimento, com a perda da gordura, e ganho de massa muscular, função da gestrinona no organismo. No entanto, a técnica foi criada para atuar no tratamento de endometriose, já que também é capaz de aliviar os sintomas e interromper o ciclo menstrual.

Por se tratar de um tratamento hormonal para fins de saúde, o uso estético não é recomendado pela Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia e pela Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia. Ainda, o ‘chip da beleza’ não é autorizado pela Anvisa ou pelo Conselho Federal de Medicina, devido à ausência de estudos científicos que mostrem sua eficácia.

Quais são os efeitos colaterais do ‘chip da beleza’?

As celebridades que já vieram a público mostrar suas experiências negativas com o procedimento têm mostrado, principalmente, cicatrizes de acne severa no rosto. Entretanto, esse não é o único efeito colateral do ‘chip’.

Confira os principais efeitos negativos relacionados com o uso sem indicação do ‘chip da beleza’:

  • Aumento de pelos no corpo e rosto;
  • Queda de cabelo;
  • Aumento da acne, devido à maior oleosidade da pele;
  • Aumento dos níveis de colesterol;
  • Sangramento fora do período menstrual;
  • Inchaço;
  • Aumento do clitóris;
  • Alteração da voz;
  • Alteração na fertilidade;
  • Alterações cardíacas e hepáticas.

Apesar dos efeitos colaterais negativos, algumas mulheres possuem indicação para realizar procedimento hormonal. Entretanto, deve procurar um médico especialista para analisar os riscos e se não há contraindicação, como no caso de possuir doenças cardíacas, diabetes, colesterol alto, obesidade e alterações nos rins ou fígado.

Comentários

Últimas notícias