Blog O Viral
O Viral

Se tem um repórter que não vive sem pauta, é o Viral. De notícias curiosas às novidades do seu seriado ou filme favorito, tá tudo aqui.

VER PERFIL
CIÊNCIA

Nova espécie de dinossauro 'narigudo' é descoberto por médico aposentado

Os cientistas chamam a nova espécie de 'Brighstoneus simmondsi'

Maria Luísa Fernandes
Maria Luísa Fernandes
Publicado em 12/11/2021 às 14:25 | Atualizado em 31/12/1969 às 21:00
Reprodução/John Sibbick
Imagem mostra como eram os dinossauros iguanodônticos - FOTO: Reprodução/John Sibbick
Leitura:

Os cientistas do Museu de História Natural e também da Universidade de Portsmouth, no Reino Unido, descreveram um novo gênero e uma nova espécie de dinossauro encontrado na Inglaterra. A principal característica da espécie é um enorme nariz. 

De acordo com um artigo publicado na quarta-feira (10), no "Journal of Systematic Palaeontology", os cientistas chamam a nova espécie de Brighstoneus simmondsi, um dinossauro herbívoro, que tinha em torno de oito metros de comprimento e pesava 900 kg. 

Apesar da espécie ter sido comentada recentemente, a descoberta do seu fóssil é antiga. Ele foi encontrado na década de 1970, na ilha de Wight, localizada na costa sul da Inglaterra. Os ossos foram atribuídos ao gênero de dinossauro Mantellisaurus e também ao Iguanodon. Todos eles viveram no período conhecido como Cretáceo Inferior.  

Mas recentemente, um dos cientistas percebeu algo muito diferente no crânio do fóssil da ilha de Wight. Ele tinha mais dentes e um nariz muito pontudo.

"O Mantellisaurus tem 23 ou 24 dentes, mas este tem 28. Ele também tinha um nariz bulboso, enquanto  as outras espécies têm narizes muito retos. Essas e outras pequenas diferenças tornaram-no obviamente uma nova espécie", explicou o pesquisador do Museu, Jeremy Lockwood.

De acordo com Jeremy, o nome da espécie, "Brighstoneus simmondsi", é uma homenagem ao vilarejo de Brighstone, próximo ao local em que ocorreu a escavação, e o cientista que encontrou o fóssil, Keith Simmonds. 

O artigo que foi publicado quarta-feira (10) conclui a descoberta dessa nova espécie sugere que havia muito mais dinossauros do grupo iguanodontianos no Cretáceo Inferior na região que hoje é o Reino Unido, do que se esperava anteriormente.

Informações retiradas do portal G1

Comentários

Últimas notícias