Blog do Torcedor - Tudo sobre o futebol em Pernambuco, do Nordeste, Brasil e do mundo
Torcedor

As notícias de Náutico, Santa Cruz e Sport, além do futebol nacional e internacional. Com análise, interatividade e opinião

Crise

Em situação desesperadora, Santa Cruz precisa operar milagre para escapar da Série D

Como confiar num time que não joga bem desde o início da temporada e precisa de seis vitórias para ficar na Série C?

Marcelo Cavalcante
Marcelo Cavalcante
Publicado em 19/07/2021 às 17:36
Notícia
ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
Santa Cruz paga a conta de ter cometido erros demais na temporada - FOTO: ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
Leitura:

Santa Cruz agoniza na Série C. Não joga bem, não entusiasma, não vence... A equipe está na lanterna do Grupo A porque fez por onde. Erros e mais erros durante a temporada e hoje o elenco está atolado em problemas.  A confiança foi para o espaço. O grupo não tem mais força. Observem os jogos do Santa Cruz: a bola parece queimar nos pés. Ninguém cria jogadas, ataca, oferece perigo ao adversário. E o técnico Roberto Fernandes tem que apelar para os deuses do futebol para fazer com que o Santa Cruz consiga vencer 6 partidas até o final da Série C, algo que ainda não aconteceu nessa temporada.

O que fazer?

Sendo sincero e bem direto: rezar. Porque só um milagre salva o Santa Cruz do rebaixamento à Série D do Campeonato Brasileiro.  Quando Roberto Fernandes chegou no Arruda, eu acreditava que, se vencesse uma partia, o Tricolor ganharia fôlego. Acontece que os jogos foram acontecendo e Roberto, que pegou o bonde andando, não teve muito tempo para fazer mudanças estruturais que a equipe precisava. O Santa Cruz nunca deu liga. Nunca teve uma base titular. Ter competitividade nessas circunstâncias é o mesmo que operar milagre.

Acho que o maior erro da diretoria foi não usar a equação natural de um clube com as condições do Santa Cruz: o menos é mais.  Numa temporada apertada por conta de uma eleição maluca e calendário alucinante por causa da pandemia, fazer mudanças radicais no início da temporada não foi o mais indicado. A intenção podia ser boa, mas não era o mais aconselhável. A mudança foi feita e a resposta teria que ser de forma imediata. Como não aconteceu da forma esperada, vieram mais mudanças. E virou bola de neve.

É fácil olhar para trás e enxergar todos os erros. Agora, é tarde. Salvar o Santa Cruz do rebaixamento é um milagre. Não há outra alternativa para o elenco do que olhar para frente e ter calma nesse mar revolto para vencer uma e iniciar uma saga de mais cinco vitórias.

E aí, tricolores... acreditam em milagres?

Comentários

Últimas notícias